A MONGÓLIA

Já estamos de novo na grande RÚSSIA depois de termos estado quase 1 semana na Mongólia , nomeadamente na sua capital ULAN BATOR , ou se quiserem , como os mongóis lhe chamam ULAN BAATAR , e já agora , os grandes viajantes , apenas UB.

 

Cremos ter sido os primeiros autocaravanistas portugueses a chegar até estas paragens tão longínquas e difíceis , mas não é surpresa encontrarmos várias AC e sobretudo camiões 4×4 transformados em AC , especialmente de alemães , suiços e franceses ,  que exploram o país por todos os trilhos possíveis pois as estradas neste país são praticamente inexistentes………, aliás estradas propriamente ditas só há meia dúzia , o resto são trilhos que se confundem e cruzam sem sentido e sem……..placas indicativas : anda-se com bússula e pergunta-se constantemente aos nómadas junto aos yurts !!!  É o 19º maior país do mundo mas detém o recorde absoluto de ser o país menos povoado do planeta……… com menos de 3 milhões de almas ; infelizmente é igualmente um dos países mais pobres do mundo mas os progressos são notáveis !

Aproveitámos para mandar lavar uns bons kgs de roupa suja, lençóis e toalhas especialmente pois o ”stock limpo” chegou ao fim…..; a AC estava feia de porca por isso…..banho com ela ! Enfim , preparamos tudo , inclusivamente uma completa limpeza ao interior para o ”ataque” final à COREIA DO SUL e ao JAPÃO !!!

Estivemos pois na capital mais FRIA do planeta, onde a temperatura MÉDIA anual é de – 5ºC ……e não é tão raro assim a mesma chegar no inverno a atingir  – 40ºC  !!! Tivemos durante a noite uns meros  6 a 9º   mas é um frio seco , pois qualquer orla marítima fica a muitos milhares de kms daqui , e durante o dia uns escaldantes 35 a 38 º ; felizmente o aquecimento da AC funciona bem , felizmente o GPL na Rússia é extremamente barato, felizmente nada de importante se estragou……ESTAMOS BEM E CONTENTES !!!

ULANBATOR tem um interesse muito relativo como pólo turístico já que as atracções turísticas são muito reduzidas ; o exotismo, a gastronomia e a simpatia dos locais são os principais motivos que atraem os estrangeiros aqui ; vêem-se bastantes back-packers e turistas ocidentais em grupos , o país está  a ser bem vendido no exterior…..

Face à impossibilidade de ficarmos parqueados no centro , fomos para uma rua muito perto onde há vários restaurantes estrangeiros e estacionámos frente a um deles , francês ; passado uns minutos bate à porta o dono , um simpático bretão que desaconselhou a pernoita no local por causa do barulho e sugeriu fortemente que estacionássemos a AC junto à casa dele , num condomínio fechado com segurança a cerca de 2 kms do centro- – – – – – – nada que assuste a Vespa !!! Assim o fizemos e em boa hora pois o sossego era absoluto , havia vários supermercados e todo o tipo de lojas num raio de 200 metros e apenas lamentamos a falta de internet ( algo que teremos de reclamar posteriormente….- – – brincando !!! ) de resto para a termos íamos ao restaurante dele, onde  comemos divinamente !!!

Infelizmente a lavagem da roupa demorou 3 dias o que nos obrigou a prolongar um pouco mais a estadia nesta capital, de qualquer forma psicologicamente nem estávamos com muita pressa de voltar à estrada que nos trouxe de volta a ULAN UDE onde obrigatoriamente tivemos de regressar para seguirmos para leste, ainda há um bom bocado de ……más estradas a percorrer .

Deixo-vos algumas fotos de ULANBATAR , e uma pequena curiosidade : vimos num mapa da cidade as bandeiras das representações diplomáticas na capital e com enorme surpresa , vimos a bandeira portuguesa junto a um certo edifício ; roídos de curiosidade e extremamente cépticos, lá fomos ao enorme e moderno edifício onde constava a bandeira ; subimos ao 15º andar e uma simpática recepcionista mandou-nos esperar uns minutos, isto apesar de apenas vermos placas com nomes de empresas e nada que indicasse a representação diplomática portuguesa ; passados uns minutos aparece uma jovem mongol que num mau inglês começou a ”recitar” todos os documentos que eram necessários para a obtenção de um visto para visitar Portugal………….depois de terminar lá lhe explicámos que éramos tugas e que não precisávamos de visto , apenas queríamos cumprimentar……o embaixador ! QUE NÃO , não havia embaixada , aquilo era apenas um consulado honorário e o cônsul era …..mongol !!!! OK, OBRIGADO , JÁ ESTAMOS SERVIDOS E NÃO PRECISAMOS DE MAIS NADA…………..

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Mas como dei a entender antes , essencialmente os turistas não vêm à Mongólia pela sua capital mas sim pelo seu campo , planícies e montanhas , além dos animais , das suas gentes, gastronomia e enormes espaços livres ; a minha opinião meramente pessoal é a seguinte : sem deslumbrar , realmente é um país bonito , a variedade de cores é grande, as paisagens não variam tremendamente mas não se tornam monótonas MAS……………………..não se compara minimamente ao QUIRGUIZSTÃO em beleza, nem por sombras !!!! Gostamos , apreciamos a quantidade enorme e diversidade dos animais à solta, dos pastores a cavalo , etc mas…………já vimos muito mais em qualidade  ! É claro que a dimensão dos países mencionados não se pode comparar , mas quem viu o que nós vimos na Ásia Central não fica deslumbrado com a Mongólia…… ; mas ok , está visto  embora uma pequena parte  e duvido muito que algum dia possamos regressar……….

estepes

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Entretanto para os curiosos , o dinheiro deles tem o seguinte aspecto ( só usam notas, não usam moedas )

 

Conforme já disse, já estamos de volta à RÚSSIA afim de percorrermos o troço final da looooooooonga travessia deste país ; o que nos espera agora é um autêntico envelope fechado pois já ouvimos tantas, mas tantas versões sobre a estrada- – – – – – – – ou falta dela, se quiserem- – – – – – – – entre CITA (ou CHITA ) e BELOGORSK , portanto o único remédio é …………..ir ver , não é verdade ???? Donde , o nosso caminho vai ser CITA – – – MOGOCA – – – SKOVORODINO – – – BELOGORSK e por aí adiante , até chegarmos a VLADIVOSTOK , já   ”só ”  faltam 2700 kms …………………………. MAS ISSO JÁ É OUTRA HISTÓRIA !!!!

 

 

 

 

 

Avise-me por email sobre novas publicações !



20 comentários para “A MONGÓLIA”

  1. Maria Melo diz:

    Bom dia, Companheiros Marília e Davis:
    Admiro a vossa coragem e resiliência. Não é para todos, para mim não seria.
    Aproveito para viajar através de vós, o que agradeço.
    Como sempre, a descrição é excelente e as fotos muito boas.
    Mas a que francês cabe na cabeça ir fazer um restaurante atrás do sol posto, se têm um país formidável?…
    Uma curiosidade: para a lavagem da roupa havia uma lavandaria ou foi a nível particular?
    Continuação de boa viagem por esses trilhos excelentes,
    Saudações autocaravanistas,
    Maria Melo

    • admin diz:

      boa noite companheira !(aqui são mais 8 horas do que em Portugal….)
      faz bem em viajar connosco, nós agradecemos !
      leia nas ”IMPRESSÕES” a nossa opinião sobre a Mongólia e sobre os restaurantes estrangeiros lá.
      um abraço
      david+marilia

  2. Antonio Garrido diz:

    Boa noite da Eslovenia.

    Excelente viagem, como são todas. Cada uma por um motivo que pode ser totalmemte diferente das outras.
    Há que aproveitar todos os momentos.

    Le-se Mongolia e não se imagina o que esperar. Não pensaria haver tanto turismo em lugares tao reconditos.

    Continuação de boa viagem

    Um abraço

    Garrido

    • admin diz:

      olá companheiro !
      faz muito bem em visitar a EUROPA CENTRAL , um dos meus locais preferidos no globo.
      realmente a Mongólia está muito mais desenvolvida do que esperávamos, não se vê um pastor sem……telemóvel !
      bons passeios para vós é o que desejamos , com felicidade.
      um abraço
      david+marilia

  3. estrela diz:

    Viva, meninos
    Antes de mais, vou aguardar, então, novas “directrizes” sobre o assunto.

    À semelhança da maioria das pessoas, também eu não fazia ideia do desenvolvimento da Mongólia. De qualquer forma, nunca foi um país que me seduzisse muito conhecer, pelos relatos de algumas personalidades, descritos ao longo dos anos.
    Tinha uma pergunta a fazer a propósito mas já foi feita pela Maria Melo; vou aguardar a vossa resposta.É sobre a lavagem da roupa e em que condições.
    Não deixa de ser curiosa, também, a existência de restaurantes de comida francesa e outras, dada a lonjura em que estão e o pouco turismo ocidental que deve existir. Com toda a certeza, não é fácil pensarmos que os ocidentais se lembram “OK, vamos fazer umas férias na Mongólia…”. Se calhar até é mesmo assim, eu é que não pensava ser tão usual.
    Antes de arrancarem, é bom que façam uma vistoria à estrelita, pois os novos caminhos que estão pela frente podem reservar surpresas desagradáveis. Mas vamos ter pensamentos positivos!!!
    Deixo uma última pergunta: a Marília já se “converteu” à bichinha ou é só pose para a foto? Com tanta estepe pela frente, pouco movimento, bem podia dar uns passinhos e ganhar à vontade…

    Beijocas e continuação de boa viagem.

    • admin diz:

      por esquecimento e só por isso , não respondi à MARIA MELO ; a lavagem da roupa fez-se……..numa lavandaria , a preços quase ocidentais: cerca de € 1/kg ,sem passagem a ferro portanto nada de muito barato ; a ideia que as pessoas têm da Mongólia está totalmente desfasada da realidade pois , embora a qualidade deixe um pouco a desejar, o tipo de vida é exactamente igual a uma qualquer capital ocidental da Europa : centros comerciais,night-clubs,karaokes a pontapé , cinemas , supermercados – – – alguns internacionais- – -,todo o tipo possível e imaginário de lojas etc; resta dizer que até vimos uma ……SEX-SHOP em ULAN BATOR….!
      sobre a quantidade de restaurantes,nem é de admirar ; eles existem basicamente não para os turistas que visitam o país- – – – – aí não se justificariam tantos- – – – – mas sobretudo para os chamados ”expatriates” ou se quiseres em português ”estrangeiros residentes no país” ; logicamente os locais também gostam de provar”comidas internacionais” pelo que os restaurantes também lhes servem.
      na estrelita está tudo controlado e vamos arrancar finalmente para…..o desconhecido !
      a Marilia já aceita a vespa com todo o prazer pois nada mais prático e rápido para se visitar sem esforço uma cidade.
      beijos

  4. António Resende diz:

    Caríssimos Estrelas do Oriente.
    Em Inverness (Escócia) – O inverno chegou hoje.
    Chuva de dizer basta…
    O meu abraço para esta vossa grande odisseia.
    A R

    • admin diz:

      olá antónio !
      aposto que tem sido ”scotch” de manhã,à tarde e à noite…..(estou a brincar…)
      bons passeios em segurança e bom regresso!
      um abraço desde CHITA / RÚSSIA
      david+marilia

  5. Pires Cozinheiro diz:

    Amigos,
    Não temos tido acesso á NET. Li sobre o v/acidente, mas felizmente que tudo foi resolvido a bem.
    Eu aqui pela Europa etária tudo a correr bem.
    Vamos já no caminho de regresso a casa.
    Quando chegarmos , lá para o final do mês contacto.
    Abraços e bis nossos pra vcs
    António e Ivone

    • admin diz:

      olá viajantes !
      ainda bem que está tudo a correr bem convosco!
      desejamos que tenham um bom regresso a casa sem quaisquer incidentes.
      nós continuamos o nosso calvário pela enorme Rússia que mais parece não ter fim….~
      um abraço
      david+marilia

  6. José Ricardo Ferrari diz:

    Olá amigos,
    Continuo firme viajando com vocês e a cada leitura uma gratificante surpresa. Adorei saber que na Mongólia não circula moedas, aqui no Brasil elas são muitas e já não compram muita coisa. Adorei as fotos das estepes, lindas…
    Seguimos firmes na conquista da taça das confederações BRASIL 4×2 ITÁLIA.
    Abraços e felicidades.

    • admin diz:

      olá caríssmo!
      parabéns por mais uma vitória , de certo modo facilitada por os italianos estarem a admirar as belas moças que abundam localmente…..
      ainda bem que gostoudo último post, esperamos que os seguintes sejam igualmente do seu agrado
      um abraço de amizade
      david+marilia

  7. Cisfranco diz:

    Maravilha este post sobre a Mongólia. Não diria que as imagens lhe dizem respeito e que esse país é como descreve. Obrigado pela sua reportagem e já agora se só já faltam 2700 Km como alguém comentou , isso é canja! Boa continuação!

  8. Odete Sousa diz:

    Olá companheiros continuação de boa viagem.
    Depois de ler alguns dos comentarios dos vossos seguidores e talvez vocês mesmo tivessem a idea de encontrar um país diferente e realmente ele a Mongolia é diferente
    pode se dizer que são dois países num só o norte lindo como mostram as imagens,muito procurado pelos turistas, os cavalos que aparecem na foto e estão presos estão prontos para alugar aos turistas muitos dos Gers são hoteis.
    Mas o sul é muito diferente, quase não tem vegetação, é o deserto de Gobi onde morreu muita gente a tentar explora-lo, ainda hoje isso acontece, por isso é que aparacem por aí os grandes camions 4×4 transformados em autocaravanas para poderem fazer a exploação ao deserto, tudo tem a sua beleza. Boa viagem.
    Abraço.
    Odete

    • admin diz:

      olá companheira !
      tem toda a razão no que escreveu ; ao sul aventuram-se muito,muito poucos para não dizer nenhuns….
      um abraço e obrigado por nos continuar a seguir
      david+marilia

  9. Luis Almeida diz:

    Boa tarde Marília e David,
    Apesar de escrever pouco, continuo a acompanhar-vos na vossa odisseia, continuando a fazer deste site leitura obrigatória.
    Para minha surpresa, percebi que a Mongólia não é exatamente o país que eu imaginava, para melhor.
    Ainda bem que a Estrelita já está recuperada do precalço, e pronta para rolar mais uns valentes kilometros.
    Votos de continuação de excelente viagem.
    Um abraço.

    • admin diz:

      olá luís almeida ! bom lê-lo de volta…
      sobre a estrelita….você não sabe da missa a metade…….mas vai saber no próximo post!
      continue a acompanhar-nos
      um abraço
      david+marilia

  10. Olá David e Marilia
    Bonitas imagens da Mongólia que fizeram o favor de nos mostrar, já que é um país onde muito dificilmente irei. Essa de dormirem no condominio fechado e com segurança, não é para qualquer um.
    Continuação de boa viagem.
    Abraços

    • admin diz:

      e o joão morgado também fez o favor de as procurar : estamos pagos !
      um abraço
      david+marilia

Trackbacks/Pingbacks