BANGKOK E ALGUÉM QUE OS ENTENDA…………

Estamos desde há 4 dias em BANGKOK depois de termos  (obviamente ) atravessado a estranha fronteira a MALÁSIA e a TAILÂNDIA e digo estranhapois se a saída da MALÁSIA se fez não só rápida como eficazmente , já a entrada na TAILÂNDIA foi atribulada,demorada e irritante ; demorou mais de 1 hora pois nem sequer tinham a certeza de que o C.P.D. era ou não exigido ( a alfândega não estava segura !!!! ) ,depois houve discussão comigo pois eu insurgi-me contra o facto de nos darem apenas um visto de permanência no país de 15 dias quando nós necessitávamos de no mínimo 25 dias para a primeira estadia na TAILÂNDIA ( a 2ª será quando regressarmos de MYANMAR e a 3ª quando reentrarmos na TAILÂNDIA vindos do CAMBODJA,depois de termos visitado já o VIETNAME ) ,bom eles ou se se quiser,ELA A CHEFE COM QUEM EU FUI FALAR, repetiam insistentemente que os vistos de permanência para quem entra por terra são dados apenas por 15 dias enquanto que ,quem entra através de um aeroporto já tem direito a um visto de permanência de 30 dias !!! Tudo bem,temos de aceitar as ridículas incongruências de cada país , MAS QUANDO AS MESMAS PASSAM A ESTUPIDEZ AÍ SOU O PRIMEIRO A PROTESTAR !!!! E PORQUÊ????? PORQUE DERAM UMA AUTORIZAÇÃO DE PERMANÊNCIA PARA A ”ESTRELINHA” DE………………………30 DIAS !!!!!!! O ra , eu somente insistia neste ponto : então eu só posso permanecer no país 15 dias e depois tenho que me ir embora,mas a minha AC pode ficar; resposta : yes,can… !!!! e eu perguntava : então e quem é que a leva depois para fora do país ?????? resposta : sorry,no understand !!!!…………ADIANTE………………………………
Estranhámos de imediato a mudança de país pois tínhamos acabado de deixar um país encantador, limpíssimo,super organizado na maioria dos casos , etc e acabados de cruzar a fronteira começam as CENTENAS de farmácias à vista com medicamentos falsificados,começam as prostitutas nas ruas eos indianos com os olhos esbugalhados de um lado para o outro,etc ; estranhámos o gasóleo a € 0.75 / litro quando já nos estávamos a ”habituar” a comprá-lo a …………….€ 0.43/litro…….; bom o que teremos que fazer segundo pude apurar é ir a um departamento de imigração em BANGKOK e pedir uma prorrogação especial do visto,segundo li em sites na maioria dos casos é concedida…………a troco de 2.000 bahts ( cerca de € 50.00 ); necessitamos de tal prorrogação por causa da nossa ida a MYANMAR ,por causa dos vistos que ainda temos de tirar para o VIETNAME e CAMBODJA- – – – – – – – –  – – – – em NEW DHELI não tratámos de nada !!!!!!!!!

Temos um ENORME PROBLEMA entre mãos que é onde deixar a ”estrelinha” nos cerca de 10 dias em que estaremos ausentes em MYANMAR ?????? A contece que nesta mega-metrópole chamada BANGKOK não há garagens altas,não há parqueamentos guardados ao ar livre ,tudo mas tudo se amontoa quase à balda,os centímetros de terreno são arduamente disputados……; temos estado nestes dias parqueados junto a um templo,numa sossegada rua com pouquíssimo trânsito,algo de extremamente raro nesta cidade de trânsito infernal onde nas horas de ponta se chega a demorar mais de uma hora para se percorrerem ……….1000 metros !!! Parece mentira mas é verdade,é sem margem para dúvidas e sujeito a pesquisarem na net,uma das cidades ou até A CIDADE mais congestionada no mundo !!!! Mas o que é engraçado,e ao menos valha-nos isso,muito mas muito raramente se ouve uma buzinadela——————————————————-QUE CONTRASTE DRAMÁTICO COM A INDIA !!! Os condutores esperam pacientemente nos seus carros,a maioria desliga os motores,falam constantemente ao telemóvel…………MAS NINGUÉM BUZINA !!!!!!! Os congestionamentos de trânsito são de tal forma grandes e complicados que os semáforos chegam a estar cerca de 5 minutos na mesma cor pois os sensores postos nos pavimentos ”mandam” que não mudem de cor se não houver a mínima fluidez no trânsito !!! Neste aspecto são sem dúvida civilizados,onde a ” porca torce o rabo ” é na EXTREMA dificuldade que qualquer ocidental tem em comunicar o que quer que seja com os tailandeses pois QUASE NINGUÉM fala inglês,embora quando perguntamos : do you speak english ? a resposta é quase sempre (timidamente…..) afirmativa,contudo mal começamos a falar das duas uma ,ou nos dizem ”sorry,no understand” ou então – – – – –  e isso é realmente cómico , começam a repetir as últimas palavras que ouviram,embora não façam a mínima ideia do que estão a repetir!!!!! Dou-vos um qualquer exemplo : which shop do you recommend for electronics??? resposta : recommend for electronics- – – – – – – – –  -e aí ficam a olhar para nós como se já nos tivessem respondido !!!!!! ADIANTE……………………….

Demos um salto até à nossa embaixada em BANGKOK afim de sabermos se por acaso teriam conhecimento de alguma garagem onde pudéssemos guardar a AC contudo………………………………OH QUE SAUDADES DOS RESPONSÁVEIS DA EMBAIXADA DE PORTUGAL EM NEW DELHI !!! A frieza com que fomos recebidos,embora com educação,não se compara minimamente com as amabilidades,atenções,esforços e ajudas que recebemos do SENHOR EMBAIXADOR E DO SENHOR CONSELHEIRO na INDIA ………………………………..Enfim,as pessoas são diferentes!

Apenas ao nosso quarto dia em BANGKOK nos foi possível obter uma nova pen para navegarmos na net,pois apesar de termos adquirido um cartão SIM logo aquando da nossa entrada na TAILÂNDIA,por muitas pessoas que questionássemos em diferentes lojas especializadas,nenhuma nos conseguio explicar a razão do cartão SIM adquirido não funcionar na nossa pen da VODAFONE,NA MALÁSIA FUNCIONOU ÀS MIL MARAVILHAS……….; hoje,já cansados de percorrer lojas,resolvemos adquirir uma outra pen com a ”prova real que trabalharia à nossa frente” e assim aconteceu ……………………..+€ 40.00 !!!

BANGKOK como eu já escrevi anteriormente está na lista das minhas cidades preferidas no mundo,e eu tenho o privilégio de conhecer largas centenas de importantes cidades no mundo; mas esta mega-metrópole realmente não tem igual quando se trata de visitar templos,quando se trata de comer……barato e variado,quando se trata de fazer compras de roupa por exemplo……………………ao preço do tremoço !!!! Tem certas contrariedades claro,como o incrível trânsito,como a elevada humidade,mas de resto vale a pena !!!! Os turistas ocidentais são aos MILHARES, de todas as possíveis nacionalidades que se possam imaginar : uma considerável quantidade de linhas aéreas voa para BANGKOK a preços de saldo !!!! Os hotéis também não são caros,há incontáveis ”guest-houses” com quartos com ar condicionado a…………€ 5.00 /dia !!!! WI-FI GRÁTIS INCLUÍDA !!!!

A quantidade de possíveis fotos interessantes a mostrar sobre esta grande cidade daria para …….muitos dias de net,assim deixo-vos apenas alguns exemplos prometendo mostrar mais posteriormente :

a famosíssima e gigantesca estátua THE RECLINING BUDDAH

fachada do palácio real de bangkok

the grand palace - bangkok

pequeno templo anexo ao grand palace - bangkok

prometo , com net mais rápida ,mostrar-vos alguns dos maravilhosos templos de  bangkok !!!!





Avise-me por email sobre novas publicações !



12 comentários para “BANGKOK E ALGUÉM QUE OS ENTENDA…………”

  1. Maria Melo diz:

    Olá companheiros Matilde e David:
    Mais uma vez agradeço as vossas descrições e fotos dos sítios por onde andam. Dessa forma é-me também possível viajar por esses sítios. Admiro-vos e à vossa coragem e paciência. Não é qualquer um que se dispunha a ter as inúmeras contrariedades a que são sujeitos. Eu não estaria disposta. Os meus parabéns e votos de continuação de boa e segura viagem.
    Maria Melo

    • admin diz:

      olá maria melo!
      mais uma vez muito obrigado pelas suas amáveis palavras de encorajamento e esperamos que continue a desfrutar das nossas próximas fotos .
      um abraço
      david+marilia

  2. Antonio Garrido diz:

    Olá, já estava com saudades de ler os vossos relatos e de saber por onde andariam.
    É preciso uma “ganda pachorra” para as diferentes burocracias. Mas já percebi que “faz parte”. Há que aceitar e saber dar a volta.

    Como autocaravanista gostaria de ir sabendo como vão resolvendo as dormidas. É uma questão que se põe diariamente quando se viaja, e pelo que já se percebeu em cada país há que encontrar soluções que poderão ser diferentes.

    Boa continuação e sempre que possivel vão “postando”

    Um grande abraço

    • admin diz:

      olá antónio garrido!
      pois é,vários dias sem net foi o que deu !
      estas fronteiras no sudeste asiático até nem são muito más de atravessar quando comparadas com as que cruzámos na ásia central e no cáucaso,estas sim demasiado enervantes,stressantes e sobretudo complicadas burocráticamente ; aliás , para ter uma pequena ideia dos martírios por que passámos em certas fronteiras aconselho-o a ler os posts anteriores e relativos às travessias por exemplo da georgia para o azerbeijão ou a entrada no irão,etc!!!
      quanto às dormidas como é óbvio não existem por estas bandas nem áreas de serviço nem muito menos ……parques de campismo !!!! assim,cada caso é um caso e depende essencialmente e em primeiríssimo lugar da natureza,estabilidade etc do país em questão!!! vai-se aprendendo muitíssimo com estas mudanças de país e às tantas o nosso ”faro” já não nos engana pois além do mais temos livros,lemos centenas de sites,falamos com outros viajantes,etc,etc; é claro que a atitude a tomar quando se quer dormir ao relento numa georgia(por exemplo) nada tem a ver com acompleta segurança que se tem quando ”acampamos” num qualquer sítio no irão (por exemplo ),mas no cõmpoto global,quase todos estes países são EXTREMAMENTE SEGUROS quando comparados com a EUROPA por exemplo onde proliferam os assaltas às AC que…..dormem ao relento !!!!
      resumindo,dependendo muitíssimo do país e até do aspecto da cidade onde estamos,escolhemos ou junto a uma esquadra da polícia (muito,muito raramente ! pois eles não gostam ) ou um quartel ou mais vulgarmente numa estação de serviço ou numa rua pouco movimentada e fora do centro ; nunca ou quase nunca em parques ou enormes jardins onde até é fácil estacionar……………mas geralmente perigoso,tipo…….parque eduardo VII !!!!!!!!!! do bom par de centenas de vezes que já estacionámos à balda e dormimos fora de sítios digamos apropriados para o campismo, AS ÚNICAS VEZES que sentimos algum perigo foi uma vez na UCRÂNIA (junto a um jardim…………………) em que tentaram abrir a porta da AC mas fugiram de imediato quando sentiram que nos estávamos a levantar da cama e uma outra vez no UZBEQUISTÃO quando a AC foi apredrejada,eventualmente por garotos,a meio da noite ; de resto nunca nos aconteceu nada de especial mas ,francamente,há outros factores aqui difíceis de explicar e que na realidade ajudam imenso a que possamos passar uma noite sossegada em (quase ) qualquer lado do mundo,sendo que um dos principais factores é exactamente NÃO MOSTRAR MEDO OU RECEIO OU ATÉ DEMASIADA SIMPATIA QUANDO SE CHEGA A QUALQUER LADO,POIS TAL É VISTO COMO SINAL DE FRAQUEZA E……………………..PASSAMOS A SER CONSIDERADOS PRESAS FÁCEIS !!!!!!!
      qualquer questão não hesite em perguntar !
      um abraço
      david+marilia

  3. Maria Melo diz:

    Boa noite:
    Esta é destinada à Marília. Troquei-lhe o nome.
    Desculpe.
    Maria Melo

  4. Antonio Resende diz:

    Finalmente temos notícias… e não serão más… o dedo já ”colou”?
    Os papéis… é contigo… tás a ficar um ”especialista”!!!
    Uma dúvidA tenho eu mas, fica para quando voltarem..
    Como substituem as botijas de gas? Nós aqui em Espanha não existe botija que se adapte às nossas… Comprei uma ”Repsol” e agora dá para as outras todas pq os redutores são universais.
    Pelas minhas contas, ainda não chegaram a meio da viagem… Aproveitem que as coisas por cá vão piorando…
    O meu abraço
    A R

    • admin diz:

      olá antónio !
      felizmente o dedo já colou e ficou bem direito,o único senão é que fiquei sem absolutamente nenhuma sensibilidade na ponta do indicador direito- – – – – – – – – totalmente adormecido !!!!
      respondo-te já à questão do gás mas antes faço-te notar………que não tens lido todos os posts pois num post anterior eu já tinha explicado a nossa solução : trouxemos 4 botijas de gás ( eu normalmente uso repsol ) e quando terminaram (na malásia ) eu ,depois de consultar a net resolvi que o risco seria nulo e comprei a ÚNICA COISA que se utiliza na ásia para cozinhar : LPG (liquid petroleum gas) que na realidade não é mais do que uma mistura de 60/40 de butano com propano!!! e resulta às mil maravilhas com a vantagem de cada garrafa de 14 kgs custar cerca de ………….€ 6.00 !!!!! a partir de agora não quero outra coisa ……
      estamos quase ,quase a meio da viagem !!!!!!!!!!
      um abraço e vai acompanhando !!!!!!!!

  5. estrela diz:

    Já estava a ficar em franja com a ausência de notícias!
    Essas peripécias que contas, das demoras, burocracias e afins, realmente não encaixam em qualquer “estômago”.
    Quanto à segurança, estou inteiramente de acordo quando dizes que não podemos dar qualquer imagem de receio, subserviência, demasiada simpatia,etc, para não corrermos determinados riscos. Mas mesmo assim, não é qualquer um que encaixa no perfil. Enfim, entre outras coisas, saíste melhor que o figurino ehehehe
    Vou ler os outros post’s.

    Inté

    • admin diz:

      a falta de net forçou-nos a algum interregno e na zona onde estacionámos a AC logo por azar não há nenhum coffee-net ou wi-fi já que é uma zona de edifícios governamentais ,quartéis,etc – – – – – ESTAMOS MESMO MESMO EM FRENTE A UM TEMPLO !
      beijos

  6. Ana Rodrigues diz:

    Olá Viajantes

    Contente por terem reaparecido e puder ler as vossas aventuras. Realmente é preciso ter um espírito muito aventureiro para ter paciência que chegue para certas coisas,mas valerá certamente a pena como mostram as fotos.Como dizes numa resposta anterior a viagem do ano passado terá sido mais complexa mas eu sei que é disto que tu gostas.Continuação de boas aventuras e beijocas.

    • admin diz:

      tens razão,realmente é deste tipo de viagens que eu ADORO : QUANTO MAIS COMPLICADO MAIS ……ADRENALINA!!!!A sério,prefiro mil vezes este tipo de aventuras do que passear ”sossegadinho da costa” ……………………pela costa alentejana!!!!!!!!!!!!!!!! mas aí está,nem todos somos iguais não é verdade??????SENÃO SERIA UM ENORME TÉDIO !!!!!!!!!!!!!!!!
      beijos e continua a comentar!

Trackbacks/Pingbacks