BIG NOSE KATE

Talvez o mais típico saloon do OLD WEST , a sua incrível história sobreviveu a várias gerações e ……. espantem-se

 o bar ainda existe nos dias de hoje ; reconstruído , é verdade , mas existe e é talvez  o maior motivo de atracção de TOMBSTONE ; mas , para os mais distraídos , o que é e onde fica TOMBSTONE ???

Esta pequena cidade fica no sul do estado do ARIZONA , a apenas 40 km da fronteira com o vizinho MÉXICO e ficou famosa na história do oeste americano por nela se ter disputado a 26 de Outubro de 1881 o mais famoso tiroteio de toda a história do oeste americano , conhecido por OK CORRAL GUNFIGHT , o qual opôs enormes legendas do OESTE AMERICANO :  3 dos 5 irmãos EARP ( WYATT , VIRGIL , MORGAN ) conjuntamente com o mais que famoso DOC HOLLIDAY , contra um grupo de meio-cowboys , meio-malfeitores / ladrões de gado , constituído pelos irmãos CLANTON ( IKE + BILLY ), pelos irmãos MCLAURY ( TOM + FRANK ) e ainda BILLY CLAIBORNE  ; a história do tiroteio já foi argumento de MUITAS dezenas de  filmes e documentários televisivos , alguns deles com actores famosos ( KEVIN COSTNER ,KURT RUSSEL , BURT LANCASTER , KIRK DOUGLAS , JAMES GARNER , VAL KILMER , HENRY FONDA , e tantos , tantos outros ) , na medida em que é considerado o mais famoso duelo de toda a história do OESTE AMERICANO ; obviamente , sendo um assunto que me fascina imenso , não podia de modo algum deixar de escapar esta oportunidade para visitar esta pequena cidade e apreciar , já agora , uma recreação do tal famoso duelo !!!

É curioso que a grande maioria das pessoas não sabe que o tiroteio propriamente dito , durou apenas 30 segundos durante o qual foram disparados cerca de 30 tiros com o resultado de 3 mortos e 2 feridos !!! A contravérsia sobre este assunto é de tal forma enorme que já foram escritos DEZENAS de livros e feitos DEZENAS de documentários televisivos , mesmo assim continuam a existir divergências quanto à exacta localização dos intervenientes no tiroteio , assim como se inclusivamente alguns deles estariam mesmo armados (!!!) , enfim , há incontáveis polémicas sobre o assunto ; para os mais interessados , aconselho vivamente a exaustiva leitura do LONGO artigo da WIKIPEDIA ”GUNFIGHT AT THE OK CORRAL” , artigo deveras exaustivo em explicações mas que , contudo , não termina com a polémica !!!

TOMBSTONE foi fundada em 1879  devido à existência de generosos filões de prata no local ; cedo se tornou uma violenta cidade onde imperava a ”lei da bala” até que os irmãos EARP ajudados pelo famoso DOC HOLLIDAY decidiram estabelecer a ordem pública , proibindo por exemplo o uso de armas de fogo no cidade ; foi o desenvolvimento desta ordem que veio a criar uma tremenda animosidade com os cow-boys CLANTON e os MCLAURY , tendo daí surgido o famoso tiroteio ; é de realçar que , nesse tempo , o termo ”cow-boy” não significava minimamente o que a maioria de nós pensa !!! ”cow-boys” eram na generalidade os que se dedicavam ao roubo de gado e sua posterior transacção , viviam na maioria das vezes à margem da lei , roubando gado , cavalos , etc sendo a sua fama sempre muito negativa !!!

Mas o propósito deste post não é  descrever a luta armada (sobre a qual existem inúmeras versões ) , nem apenas a pequena cidade de TOMBSTONE , mas tentar descrever o saloon e sobretudo como tudo funcionava relativo às  ”madames” do antigamente ;  a origem do saloon BIG NOSE KATE  vem do GRAND HOTEL , onde era habitual aí se alojarem os irmãos EARP , DOC HOLLIDAY e por vezes os IRMÃOS CLANTON ; aliás , segundo está documentado em arquivos , na noite anterior ao enorme tiroteio , WYATT EARP dormiu no hotel , assim como DOC HOLLIDAY , cujo 3º casamento foi exactamente com a famosa BIG NOSE KATE….; o hotel acabou por arder  , tendo-se salvado miraculosamente o enorme balcão do saloon do piso térreo , o qual AINDA HOJE existe e funciona no bar actual !!!

A esmagadora maioria do texto que se segue não é de minha autoria , limito-me a fazer uma tradução com a inclusão de algumas fotos :

AS MADAMES E OS BORDÉIS DOS ANOS 1880

Em 1881 , TOMBSTONE com uma população de cerca de 5000 habitantes , tinha 110 saloons e 14 casas de jogos a funcionar 24 h ; não admira pois que BIG NOSE KATE e a sua irmã OLDER KATE , fossem das primeiras e das mais desejadas a ali chegar ; eram de origem húngara .

 

A MUITO FAMOSA BIG NOSE KATE !

Algumas das mulheres eram artistas de entretenimento em part-time, com a esperança de enriquecerem ; umas gostavam do seu trabalho enquanto outras faziam-no apenas pelo dinheiro ; para a maioria era apenas uma maneira de sobreviverem . Os trabalhos socialmente mais aceitáveis para mulheres, tais como costureiras , cozinheiras ou lavadeiras , apenas pagavam os salários mais baixos ; se um homem não tomasse conta de uma mulher , a escolha era ou o escândalo ou o suicídio ; embora consideradas pela maioria como pecadoras , estas mulheres tinham escolhido assim sobreviver e eram orgulhosas , rudes e independentes.

Uma mulher atraente e simpática depressa aprendia que poderia ganhar o que queria ; algumas trabalhavam em teatros locais e em espectáculos de dança ; as mais velhas e menos atraentes trabalhavam na rua , outras nos saloons onde eram pagas à percentagem para impingirem bebidas aos clientes ( incrivelmente a ”moda” ainda existe nos dias de hoje !!! ) ….. ou trabalhavam em simples cabanas na prostituição .

A prostituição era legal em TOMBSTONE mediante uma licença ; a receita pública derivada dessas licenças foi, durante muitos anos , a única fonte de receita para as escolas públicas de TOMBSTONE ; embora considerada uma profissão de pecado , tais contribuições ajudaram a construir igrejas locais e , em tempos de doença , as casas de salão não só albergavam os doentes como as madames providenciavam o tratamento dos doentes….

 

UMA TÍPICA LICENÇA DE TAXA DE PROSTITUIÇÃO; O MAIS CURIOSO É O ”FIM A QUE SE DESTINA ” : HOUSE OF ILL FAME !!! ( casa de destino doentio )

As cabanas , consistindo de 1 só quarto com cerca de 8 m2 , construídas com troncos de madeira e um telhado de zinco , eram o pior local de trabalho ; para ter a certeza que os seus clientes as encontravam , o nome da mulher era pintado na porta ; as cabanas eram alugadas às prostitutas pelo preço de 3 us$ por dia , pagáveis antecipadamente  ; o quarto era escassamente mobilado e preparado num instante para o cliente seguinte ; para se satisfazer O CLIENTE APENAS TIRAVA O SEU CHAPÉU ! tipicamente os clientes eram mineiros , trabalhadores , soldados e uns poucos cow-boys na medida em que TOMBSTONE era uma cidade sobretudo mineira ; não era invulgar , num dia de recebimento de salários , uma prostituta conseguia ”aviar” até 70 homens…..; doenças , alcoolismo e viciação em drogas era o seu destino ; tipicamente os preços eram : chinesas , negras e índias : 25 cêntimos ; mexicanas : 50 cêntimos ; francesas 75 cêntimos e americanas 1 us$ !

 

recriação de uma típica cabana utilizada na prática da prostituição

 

As ”casas de salão” tinham várias topologias , contudo todas exigiam o pagamento antecipado e normalmente tinham um dístico à porta : SATISFAÇÃO GARANTIDA OU O SEU DINHEIRO DEVOLVIDO !

Devido a restrições locais , as casas de salão localizavam-se na mesma zona das cabanas , mas contrastavam enormemente no conteúdo com madeiras trabalhadas , cortinados encarnados em veludo , espelhos de corpo inteiro , quadros exóticos e tapetes macios no chão……; a maioria tinha 2 andares , sendo que o andar térreo era normalmente usado como saloon onde a bebida , a dança e o jogo tinham lugar e onde os clientes eram servidos por atraentes empregadas e um criado uniformizado que inclusivamente levava bebidas aos aposentos , era chamado o ”DUMB WAITER” !!!

 

 

exemplo de um antigo saloon , hoje em dia uma loja de souvenirs, em que foram salvaguardadas inúmeras peças , inclusivamente o tecto é o mesmo , quadros , etc

 

o balcão da loja é o balcão original do bar de então…

 

ao fundo , as escadas que levavam ao piso dos ”quartos”…

 

 

 

As meninas alinhavam-se afim de o cliente fazer a sua escolha ; a ”madame-mor ” recebia o dinheiro e o homem era levado ao andar superior a um dos elaborados e ricamente decorados quartos privados ; o preço normal da ”visita” era de 10 us$ ; se desejasse pernoita o custo subiria para 30 us$ ! Raparigas jovens de excepcional beleza ou mulheres mais velhas mas possuindo habilidades especiais , exigiam quantias superiores…..; a ”madame-mor” ficava com metade da importância cobrada assim como cobrava de 5 a 20 us$ semanais pelo quarto e alimentação , dependendo das alturas.

Durante a corrida ao ouro na Califórnia , o cheque de bronze ou latão foi largamente usado como uma ficha : o cheque era comprado à madame-mor e apresentado à rapariga , a qual no final da noite trocava as fichas por dinheiro ; haveria em cada ”casa de salão” entre 5 a 30 raparigas , cada qual ganhando tipicamente até 150 us$ por semana ; em comparação , um mineiro ganhava apenas 3 us$  por um dia de 12 horas de trabalho…….; as horas de ……… trabalho eram normalmente do meio-dia até ao nascer do sol e cada rapariga descansava 1 dia por semana .

No saloon , os lucros da venda de cerveja , whiskey , vinho e champagne eram enormes ; a concorrência era feroz e a maioria das madames autorizava que as suas raparigas distribuíssem cartões com o seu nome e a sua morada ; a outras era permitido venderem fotos delas mesmas mas nuas e em poses explícitas ; a maioria era apenas conhecida pela sua alcunha na dupla intenção de protegerem o nome da família e………..na esperança de arranjarem no futuro……….. um respeitável casamento !!!

VERDADEIRAMENTE FASCINANTE E RICO EM DETALHES !!!

Mas , antes de mais , quem foi realmente a mais que famosa BIG NOSE KATE ???

Foi a primeira prostituta a chegar a TOMBSTONE no final dos anos 70  do século XIX ; foi ”crescendo” no metier tendo chegado inclusivamente a ter o seu próprio saloon ; ficou porém mais conhecida na história por ter sido durante algum tempo a namorada de DOC HOLLIDAY….. ; ela tera assim :

Foi pois este maravilhoso e histórico saloon que acabámos de visitar , assim como toda a pequena cidade de TOMBSTONE , a qual nos transporta facilmente para os idos anos 1880 ; a rua principal tem imensos bares , restaurantes , saloons ,etc com o mesmo design de outros desses tempos ; os passeios são igualmente em traves de madeira , conforme nós vemos tantas vezes nos filmes do oeste americano…..; é assim extremamente fácil sentir-mos que fomos levados no tempo e passámos a vivenciar os anos 80  do século XIX….. ; muitos dos habitantes locais vestem-se como antigamente e inclusivamente andam de pistola à cintura com trajes que já viram melhores dias …..; há ”diligências” como antigamente mas a realizar passeios pela cidade , a quantidade de turistas (99.9% de americanos ) é enorme , as duas ruas principais ( FREMONT STREET e ALLEN STREET ) nem sequer são asfaltadas mas sim em terra batida como há 100 anos atrás……; senti-mo-nos facilmente transportados no tempo !!!

Visitámos o mais famoso dos saloons existentes ( BIG NOSE KATE  ) e adorámos o ambiente , assim como a comida ; ora vejam algumas fotos :

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Vão ficar com uma boa ideia sobre o que é actualmente TOMBSTONE :

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

A MARILIA NÃO É ASSIM TÃO BAIXINHA ……ELES É QUE SÃO AGIGANTADOS !!!

 

 

 

A volta relativamente grande que demos desde TUCSON foi especificamente para visitar TOMBSTONE , desde há muitos anos tinha esse desejo ; não havendo nada mais para ver localmente , rumámos em direcção a PHOENIX a principal cidade do estado do ARIZONA ; cidade engraçada , com especial relevo para a zona à volta do palácio da legislatura ( enorme com é tudo nos states…..) pois existem inúmeros monumentos relativos aos heróis das guerras onde os E.U.A. intervieram.

Vejam algumas fotos :

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

E pronto , seguiu-se o estado de NEVADA , mas claro ………isso já é outra história !!!!!!!!

Avise-me por email sobre novas publicações !



6 comentários para “BIG NOSE KATE”

  1. estrela diz:

    Olá, meninos!

    Este foi, sem sombra de dúvidas, um dos mais fascinantes dos vossos posts, que mais me seduziu. A razão é simples: fui sempre apologista da conservação dos aspectos culturais de um povo, sem grandes mexidas, para que os vindouros pudessem apreciar como viveram os seus antepassados.Poucos locais no mundo tiveram essa preocupação. O progresso dita grandes alterações estruturais e os governos vão atrás do dito progresso, destruindo o que há de genuíno para edificar as modernices que, rapidamente, caem para o obsoleto. A talhe de foice, Londres foi destruída durante a segunda grande guerra mas, felizmente, houve o cuidado de preservar toda aquela zona, bem típica, que corresponde ao bairro vitoriano. E assim, hoje, qualquer turista pode ver as construções e o ambiente de séculos passados, tão bem descritos na literatura clássica. De repente, lembrei-me de outro caso que tu tão bem conheces, na Alemanha, onde estivemos nos saudosos anos 60 – Bad Godesberg. A cidade foi completamente arrasada pelos bombardeamentos e, no entanto, foi reconstruída tal como era, com as suas casas bem típicas e as suas pinturas nas fachadas. Pena que nem todos pensem em guardar para o futuro as imagens do que foi o seu passado. Quando em 1971 fui com os nossos pais visitar Fort Breendonk, na Bélgica, fiquei atónita com o que vi. O então Rei Balduíno exigira que não se mexesse em nada no ex-campo de concentração, deixando tudo tal como estava quando foi liberto pelos aliados, para que crianças e jovens vissem um pouco do que foi o horror da guerra, funcionando como forma educativa e de prevenção. Não vou descrever aqui o que vi, porque é violento, mesmo em palavras escritas. Ao contrário, Auschwitz, Dachau, Mauthausen, etc, etc, tudo foi arranjado, limpo, perdendo-se aquele toque de realidade que é necessário para aqueles que ainda pensam ter tudo sido um embuste político a existência de tais campos.

    Os americanos, talvez porque têm pouca história para contar, agarram todas as possibilidades e mostram-nos, dessa forma como aqui descreveste, o que foram as cidades dos cowboys. Ainda bem! Se não, teríamos que nos ficar pelos variadíssimos filmes que se fizeram sobre a temática e imaginar como seria…

    Falta ver como estão ou eram as reservas de índios, se é que algum dos seus aldeamentos ficou preservado. Muito emocionante esta parte da vossa viagem! E já agora, assistiram a algum duelo recreado? A Marília, de braço dado com o austero Sheriff, está um must!!!! Quanto a ti, sentado no saloon, pareces mesmo um capo da máfia siciliana….eheheheh!!! Vocês estão óptimos!

    Beijinhos! Por cá o frio e a neve voltaram, acho que vai haver este ano Páscoa branca.Arre, estou farta de inverno!

    • admin diz:

      sim , porém esqueces-te que a razão principal para os empresários criarem todas estas estruturas a relembrar o passado ( velhas cidades do far-west , parques temáticos ,”tombstones” e afins é meramente para ganharem rios de dinheiro não para conservarem a questão cultural…..
      quando questionas um americano sobre a história do passado , por exemplo, do far-west , em geral associam de imediato a hollywood e perguntam-te : ”em que filme do john wayne é que isso aconteceu” ???
      sobre os índios…….esquece !!! já não existem como os vês nos filmes de cow-boys …….isso era há 50 anos !!!
      hoje em dia são donos de casinos ( mais pequenos claro do que em las vegas) , empresas ,escolas, etc e a última coisa que querem é ser tratados como ”aves raras” em fotos !!!
      distinguem-se dos americanos ”normais” por terem a pele mais escura e os olhos bem mais rasgados , de outra forma não há qualquer diferença com os demais americanos.
      beijinhos

  2. JOSE RICARDO diz:

    Olá Cawboys.
    Sinto que esta parte da aventura está sendo a mais prazerosa. David se sentindo um menino na Disney.
    Tudo muito bacana.
    Os americanos sabem fazer multiplicar o dinheiro. Tudo feito para deixar o turista envolvido e naõ pensar em polpar um centavo.
    Divirtam se é pra isso que viemos a esse mundo.
    Abraços.

    • admin diz:

      estimado amigo,
      cá estamos a curtir a nossa viagem , agora no estado de nevada.
      obrigado por comentares e cuida de ti ……..o rio continua perigoso !
      um abraço
      david+marilia

  3. FERNANDO BACALHAU diz:

    Caros Amigos
    Verifico que a vossa longa viagem continua a decorrer dentro do previsto com boa saude e a ser muito bem disfrutada .
    Continuamos a apreciar imenso as vossa fotos e comentarios que nos levam a conhecer muito melhor ,os locais a sua historia e os povos dos paises que visitam.
    Tambem verifiquei que gostaram de visitar Los Cabos no Mexico e San Diego na California,locais que aquando o nosso passeio gostamos muito.
    Continuem com a vossa aventura.
    Abraços da Ana e Fernando Bacalhau

    • admin diz:

      olá queridos amigos !
      já há bastante tempo que não tínhamos notícias vossas….eu sei que não gostas de escrever !!!
      cá estamos nos states , neste momento já não estamos a ”morrer com calor” mas , pelo contrário , um pouco arrepiados com o ar fresco de s.francisco…
      estamos a atrasar um pouco a ida para norte pois as previsões do tempo não são famosas e no norte do canadá está a fazer imenso frio….
      um abraço para ti e beijos para a ana
      david+marilia

Trackbacks/Pingbacks