CIAO TAILÂNDIA E OLÁ LAOS…….

Acabadinhos de entrar na REPÚBLICA POPULAR E DEMOCRÁTICA DO LAOS……………………não nos podemos queixar das primeiras horas pois

estamos estacionados num parque à beira do grandioso RIO MEKONG na baixa de VIENTIANE,capital do LAOS em frente a um luxuoso hotel chamado LANEXANG HOTEL depois de termos dormido 12 horas com o ar condicionado da AC imediatamente após termos atravessado a fronteira TAILÂNDIA – LAOS  através da enorme PONTE DA AMIZADE THAI-LAOS  (sim,porque eles em anos passados fartaram-se de andar à porrada………) que separa os dois países e permite a travessia do larguíssimo MEKONG ……….mas eu explico melhor por partes !!!!! Depois do almoço de ontem onde ao atravessarmos o centro – norte da TAILÂNDIA  se nos deparava a cada 2 km uma ”STEAK HOUSE”  a curiosidade  aliada à fome fez-nos parar num dos muitos restaurantes à beira da estrada que se intitulavam exactamente ”steak house” ; após consulta do menu em tailandês …………………………….com fotos, escolhemos ambos a mesma coisa : T-BONE BEM PASSADO S.F.F. !!!! Se vinha com FRENCH FRIES???? claro que sim !!!! Pois é,o problema é que nos esquecemos completamente que estávamos na……………………………TAILÂNDIA e portanto lá vieram as costoletas de vaca,FRITAS (!!! ) E…………………………ADOCICADAS pois o açúcar é algo  que nunca pode faltar na cozinha tailandesa!!!!! Batata frita???? claro que vinham 5 palitos em cada prato,mais uma carrada de legumes e mais não sei o quê a enfeitar……….; duas PEPSI ,e dois pãezinhos………………DOCES ficou tudo por cerca de  € 9.00 !!!! Bom,metemo-nos de volta à estrada pois ainda tínhamos cerca de 300 km até à fronteira do LAOS e tínhamos pensado em não atravessar a fronteira estando já escuro; acontece que as estradas na TAILÂNDIA são muito boas pois embora a qualidade do piso por vezes não seja excelente têm uma particularidade muito conveniente : são quase sempre tipo vias rápidas com 2 ou 3 faixas de cada lado,separadas por um corredor de terra rebaixado,sempre GRÁTIS !!! Fomos andando e andando e quase sem dar conta estávamos na fronteira  e ainda não eram 18h00 !

 

 

Decidimos pois atravessar a fronteira; a parte tailandesa foi fácil , rápida e…..barata pois nada tivémos que pagar pelo excesso de estadia da ”estrelinha” em solo tailandês isto apesar de nos terem dito que teríamos de pagar cerca de € 3.50 / dia de penalidade a partir dos 30 dias autorizados (a AC esteve creio eu 52 dias na TAILÂNDIA ) ; atravessada a ponte,entrámos em território laociano onde logo para começar um desengonçado e mal fardado funcionário nos pediu…………..7 bahts ( € 0.16…….) para a desinfestação da ”estrelinha” ( se há coisa mais limpinha e asseadinha neste mundo !!!!!!!!!!!!!!!!!!! ) ; claro que nos limitamos a passar com as rodas da AC numa plataforma de onde, lateralmente,saem uns jactos de vapor que supostamente devem ter um qualquer desinfectante : COMO SE APENAS NOS PNEUS PUDESSE HAVER PROBLEMAS…………………..!!!!!!!!!!!!!!!!!!! SANTA IGNORÂNCIA……………………………………

 

Depois é que foi  giro ao entrarmos no enorme recinto da imigração,vistos,alfândega,etc : todos olhavam para nós como se fôssemos verdes ,tivéssemos duas cabeças e apenas uma perna: AUTOCARAVANAS NO LAOS ???????????? ALGO NUNCA VISTO !!!!!!!!!!!!!!!!!!! Ora bem,primeiro que tudo houve que tirar o visto pois soubéramos que o mesmo poderia ser obtido à entrada no país ( cada vez há mais países que para facilitar a vida ao turista optam pelo sistema ”VISA ON ARRIVAL” ) e após o preenchimento dos 4 formulários exigidos e a entrega de uma fotografia de cada,passa para cá US$ 72.00 e toma lá os vistos válidos por 30 dias! A parte da emigração foi fácil embora eles se tivessem cansado um pouco à procura do país : dizem PLÓTUGÁ , o país do LÓNÁLE (C.R.); o mais engraçado veio a seguir na ALFÂNDEGA pois o zeloso funcionário sabia que era necessário carimbar um qualquer documento ( o CARNET DE PASSAGE EN DOUANNE,claro ) mas não fazia a mínima ideia do nome do mesmo…………………..; eu,que me apetecia gozar um pouco e nem estava com pressa,dizia que o ”car document” que ele tinha pedido era aquilo que lhe estava a mostrar : o livrete da AC……….; ele dizia que não,que aquilo não era para carimbar,que era outro,eu dizia que sim que aquilo é que era o car document,ele coçava a cabeça,a Marilia dizia repetidamente para eu parar de gozar,que nunca mais tinha juízo,enfim lá saquei do C.P.D. e a cara do homenzinho iluminou-se como se lhe tivessem mostrado uma loira semi-nua…………; mas o pior estava para vir pois levou-nos à sua chefe,uma cinquentona com120 kgs de banhas e 10 kgs de make-up e num acto de verdadeira humildade laociana confessaram que não eram assim tantos os carros estrangeiros que apareciam por ali e………não sabiam como preencher o documento!!!!!!!! Mas afinal para que serve a longa amizade lusa-laociana senão para ensinar ?????????????? Lá lhes disse o quê e  onde deviam escrever ,carimbar e assinar,ficaram elucidados e tiraram fotocópia para servir de cábula ou memória futura, segundo disseram……..; revista à AC????? nem pensar nisso!!!!!!!!!!!!!! Trâmites terminados entrámos oficialmente na R.P.D.LAOS e fomos de imediato trocar dinheiro no banco da fronteira,assim como fazer um seguro para a AC por 21 dias ( € 10.00- – – – – – – – – -NÃO,NÃO ME PERGUNTEM O QUE É QUE COBRE POIS NÃO FAÇO A MÍNIMA DAS MÍNIMAS IDEIAS………….) ; a moeda local chama-se KIP e ,claro,não vale quase nada : 1 euro = 11400 kips !!! Não há moedas ( sorry VITORINO! ) apenas notas e…..extremamente confusas pois a nossa numeração latina não é igual à numeração deles e temos de olhar 3 vezes para as notas para compreendermos bem o que temos em mão…..; elas têm este aspecto :

 

Entretanto já estava bem escuro e ,apesar de a capital estar somente a 22 kms da fronteira,apenas em casos imperativos nós conduzimos de noite em locais que não conhecemos; assim decidimos ”acampar” no parque de estacionamento que serve a fronteira,a menos de 200 metros da mesma; expliquei ao guarda por gestos e desenhos que estacionávamos sópor uma noite mas…………tínhamos forçosamente de ligar a AC á electricidade da sua casota pois de outro modo no dia seguinte a desgraçada não trabalharia : sim porque para certas pessoas e quando nos convém,a AC trabalha a………………….baterias carregadas durante a noite- – – — – – – – – – — – – – – –  quando a ligamos à corrente eléctrica……….!!!!!!!!!!

Dois copitos de LIMONCELLO geladinho e 25.000 kyps ( € 2.20 ) foi quanto nos custou o ar condicionado da noite passada,mas soube muito bem pois aqui a humidade é bem elevada,não sei se por estarmos à beira do MEKONG. Pequeno-almoço tomado com o aproveitamento da corrente eléctrica para por a máquina de café NESPRESSO a funcionar eis-nos a caminho da pequena capital debaixo de chuva quente e a 22 kms de distância; aqui chegados houve que fazer um rápido reconhecimento das vias principais,muito fácil aquela hora matutina de um domingo  chuvoso ; optámos por estacionar em frente ao hotel mencionado e com o truque habitual (eu depois conto como se faz……..) apesar de o acesso à net ser codificado, temos net rápida,grátis e permanente a 20 metros do hotel : bendita antena booster que adquiri em BKK por meia-dúzia de euros !!!!!

Em VIENTIANE vamos ter finalmente de tratar do imprescindível visto para o VIETNAME ,não o fizémos em BKK por demorar 3 dias,obrigando-nos a prolongar ainda mais a nossa estadia e também por  custar creio € 70.00 enquanto que aqui custa metade e é dado  em ……3 horas !!! Esta cidade não tem assim tanto para se visitar,já o sabíamos pelos guias que temos ; o LAOS primordialmente vale pela sua segunda cidade LUANG PRABANG, pelas suas belas montanhas ,pelo rio MEKONG e pelas inúmeras quedas de água espalhadas pelo país- – – – – – – – – nós iremos visitar uma no norte não muito longe de LUANG PRABANG. Já o sabíamos mas nestas poucas horas no país já deu para ver a enorme influência francesa,pois os nomes das principais ruas são antecedidos de RUE ,as padarias a venderem BAGUETTES abundam e os bolos de creme vendem-se por todo o lado………………………….mas não prestam !!!!!!

Como para despedida da TAILÂNDIA ,a caminho do norte,fomos visitar umas famosas ruinas de um complexo de templos de origem khmer do século XI bastante interessantes e com direito a um certo destaque nos guias : o PRASAT HIN PHIMAI no  PHI MAI HISTORICAL PARK,na pequena cidade de PHIMAI; inicialmente um templo  HINDU tornou-se posteriormente no século XII um templo BUDISTA contudo a sua origem é KHMER pois em tempos remotos havia uma ”estrada” que ligava  PHIMAI a ANGKOR,no CAMBODJA !!!! Ficam algumas fotos de PHIMAI :

Entretanto a preocupante fuga de água terminou em bem,pois a competente equipa de ”montadores de móveis” que se deslocou propositadamente de BKK a AYUTTHAYA para desmanchar a casa de banho da AC ,fê-lo sem mácula e por apenas € 50.00 ,eram três homens e demoraram cerca de 5 horas………..; dois ratos de tamanho médio ( que acabaram por fugir….) tinham-se introduzido( COMO??????? ) entre a parede da casa de banho e a parede posterior da cozinha,tendo eu mandado que se começasse a desmanchar a casa de banho …………..et voilá!!!! um tubo de água roído cerca de 6 a 7 cm e já dentado emoutros sítios………MALDITOS RATOS !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

A luz de avaria na direcção assistida não voltou a acender FELIZMENTE e ficámos sem saber a razão de se ter apagado !!! Como me disse telefonicamente o meu competente mecânico : em princípio ela vai-se apagar………; apagou-se essa mas…………acendeu-se outra , uma luz amarela de algo mal com o motor !!! Como já se tinha acendido na TURQUIA,na INDIA e na MALÁSIA e consequentemente APAGADO passados um ou dois dias,francamente já nem lhe ligo ou dou importância quando se acende – – – – – – – — – – – – – – – – – – – – – sei que se apagará mais hora menos hora!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! HAJA SAÚDE E INTÉ !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

 


Avise-me por email sobre novas publicações !



12 comentários para “CIAO TAILÂNDIA E OLÁ LAOS…….”

  1. Hélia e Júlio diz:

    Olá Marilia e David
    Acima de tudo estão de saúde, quanto ao resto tudo se vai resolvendo corajosos como são e com a ajuda do supremo, nos também vamos sempre torcendo OK? Continuamos maravilhados com a vossa reprodução dos factos, quer bons, quer menos bons. Obrigada. Um abraço

    • admin diz:

      obrigados pelo vosso amável comentário,continuem a seguir-nos!
      um abraço
      david+marilia

  2. Armindo Santos diz:

    Afinal os contratempos acabam, sempre – felizmente -, em bem!…
    Um sucesso até aqui, apesar de tudo, essa aventura!
    Oxalá continuemos a ler relatos sobre as vivências que vão tendo e que estas Vos dêem alegria e prazer. Isso nos dará satisfação, também.
    Cumprimentos

    • admin diz:

      obrigado pelo comentário,armindo santos.
      é claro que esta viagem nos está a dar imenso prazer e é certo que nunca pensámos que a mesma se faria sem qualquer problema,tal seria utópico , mas creia que numa região como a ÁSIA onde não há uma única AC e / ou não há qualquer representação da FIAT, é bem complicado resolver qualquer problema que surja de uma ou das duas origens …..!!!mas teremos de fazer das tripas coração e…….prosseguir !
      um abraço

  3. Antonio Resende diz:

    Pois então já passou o susto… e as ratazanas se calhar é de terem estado parados muito tempo no mesmo local.-.. Pelos vistos só iam prevenidos para os ”mosquitos”…
    Continuação de boa viagem.

    • admin diz:

      para os mosquitos estamos bem preparados……….mas para esta enorme humidade do laos é que não estamos nada preparados !!!
      obrigado pela tua mensagem e um abraço
      david+marilia

  4. estrela diz:

    De regresso a Castelo Branco, fiquei encantada com mais este relato de viagem. Não sei se reparaste mas, a cada post que acrescentas, vais aprimorando a escrita e os comentários, o que, para quem te lê, é uma mais valia sem preço!! Muitos irão beneficiar do que relatas ( não eu que não tenho “tremoço, carcanhol, verdinhas….o que lhe queiras chamar, para fazer viagens dessa envergadura), aproveitando a vossa experiência e contando à partida com os possíveis problemas que podem encontrar pela frente.
    Sobre as fotos, belíssimas, nada a dizer, só muita pena de não ver tudo isso pessoalmente. E sobre a tal chuva quentinha…ai que saudades daquela molha em Goa! Ainda três ou quatro dias atrás, ursinho amarelo e eu lembrámos a chuvada e o prazer que tal proporciona.
    Quanto aos problemas, pelos vistos a vossa estrela da boa sorte trabalha bem! Os nossos votos são que continues assim, resolvendo pontualmente o que for surgindo e, de preferência, que não surjam mais!

    Beijocas

    • admin diz:

      é como o vinho do porto…..quanto mais velho- – – – – – – – melhor!!!!!!!!
      o propósitode contar o maior número possível de detalhes é exactamente ajudar outrem que se aventure por estas paragens,eu aprendi muito ao ler sites de franceses (principalmente) que estiveram com as suas AC na ásia,espero que haja portugueses a aproveitar estes posts……………..
      beijos

  5. FERNANDO BACALHAU diz:

    Caros Estrela e Marilia

    As vossas narrativas e fotos permitem-nos conhecer um pouco de alguns paises a que provavelmente nunca iremos.
    continuem com o mesmo entusiasmo e boa disposiçao.

    um abraço da Ana e Bacalhau

    • admin diz:

      olá queridos amigos !
      muito obrigado pela vossa amável mensagem,é sempre bom receber palavras vossas!
      da maneira como vocês viajam , não me admiro se daqui a pouco vos começam a ” faltar” países…………
      um abraço e continuem a seguir-nos!!!
      david+marila

  6. Manuel Vitorino diz:

    E viva os aventureiros…
    Confesso que tenho lido tudo o que têm escrito, mas a vontade de escrever é que é pouca…mas muito pouca.
    Espero que, quando terminar mais uma etapa depois de amanha, o animo começe a ser outro.
    Isto está tão lindo que, quando terminar a situação de baixa (nem faço ideia quando virá a ser…), já me espera o fundo de semprego….ou a reforma…nem sei.
    Como vês, por aqui, vai tudo de vento em pôpa (se fosse a vocês, nem voltava para cá…)
    Entretanto…não entendi essa das moedas? Não me digas que trazes um carregamento dessa viagem.
    Por acaso, ontem arranjei-te mais uma caneca (não têm sido muitas, mas vou juntando, para fazer a entrega quando voltarem)
    Acho que, com tanta moeda a valer tão poucio, ainda acabamos por fazer negócio a peso…
    ahahahahah
    Bem, falando do tubo…guarda-o bem que está aí uma obra de arte…aí os dentinhos do ratinho…cutxicutxi….linda obra de arte, até me faz lembrar uma que um canideo cá de casa fez num presunto.
    Continuação de boa viagem

    • admin diz:

      pois é verdade meu caro manuel vitorino,já tenho uma carrada de moedas ”esquisitas” para trocar por canecas………
      diariamente (ou sempre que temos net…) lemos on line o correio da manã+o expresso+sapo portanto estamos totalmente a par do que se vai passando aí no rectangulozinho………A MISÉRIA CONTINUA!!!!!!
      esperamos muito sinceramente as tuas rápidas e completas melhoras,tens de ter força!!!
      um abraço
      david+marilia

Trackbacks/Pingbacks