IMPRESSÕES SOBRE A GEORGIA

IMPRESSÕES SOBRE A GEORGIA

É um país muito bonito,tem paisagens maravilhosas,com montanhas de vegetação luxuriante;é contudo um país muito pobre,vivendo constantemente no receio de nova invasão russa,embora nos tenham dito que a relação com a RÚSSIA é uma relação de amor-ódio já que dependem muito dos russos em variados sectores da economia.Têm uma indústria extremamente incipiente,sendo mais as fábricas que se vêm destruídas do que as que se vêm a laborar;quando os soviéticos abandonaram a GEORGIA , levaram tudo o que puderam das fábricas e destruiram praticamente o remanescente.Vêm-se alguns pedintes nas ruas contudo claramente não são locais,desconfiamos serem ciganos nómadas ou eventualmente refugiados da OSSETIA ou da ABKHAZIA.
São um povo ultra hospitaleiro,sempre prontos a ajudar os estrangeiros pois compreendem as dificuldades que os mesmos têm com o idioma local;são muito simpáticos e curiosos,fazendo questão de conviver,comendo e bebendo,com os estrangeiros;como é habitual noutros países,fora da capital as pessoas são mais naturais,mais puras.O custo de vida é baixo,pelo que os turistas em geral não dispendem muito dinheiro na alimentação e transportes pois um jantar bem servido fica por cerca de €5-7/pessoa e os taxis são tão baratos que…..irrita!O desemprega é altíssimo,vendo-se ‘magotes’ de homens sem fazerem nada.
Não há a mania(por enquanto) de tentar enganar o turista,são muito respeitadores para quem os visita.
É um povo ultra-religioso,sendo absolutamente normal TODA a gente se benzer ( fazem-no ou 3 ou 5 vezes,de um modo distinto do nosso ) quando passa junto a uma das inúmeras igrejas ou catedrais existentes….;têm variados preceitos religiosos,estranhos para nós—tais como beijarem as portas ou ombreiras das igrejas,beijarem as várias figuras emolduradas numa igreja,beijarem quase tudo o que se vê nos seus templos;normalmente beijam e seguidamente encostam a testa.
O idioma,quer falado quer escrito é absolutamente incompreensível para nós embora muito agradável de ouvir,pois é uma língua bastante ‘musical’.
Definitivamente nota-se que é um povo triste e amargurado,o peso da recente invasão russa sente-se claramente;a curta guerra que travaram com os russos delapidou o país,o mesmo está falido;a degradação das casas,das ruas,dos monumentos,as incontáveis lojas fechadas,etc .Contudo tudo isto é suplantado pela incrível hospitalidade e enorme simpatia das pessoas,assim como pela beleza natural e ”crua” do país.
Deixei para o final o pior do país : 1º—as ruas e estradas num estado deplorável pois por vezes chega-se ao ponto de não se saber por onde passar com a AC tal é a quantidade e ”qualidade” dos (enormes) buracos nas ruas e estradas. Pura e simplesmente não há dinheiro para as arranjar e,quando aparece algum…………..vai para os bolsos de algum ‘responsável’.
2º—OS CONDUTORES MAIS SUICIDAS E IRRESPONSÁVEIS DESTE PLANETA!
Não há palavras que possam descrever o que se vê nas ruas e,principalmente,nas estradas;é simplesmente arrepiante!!!As ultrapassagens são feitas de qualquer maneira,simplesmente quando o condutor entende fazê-la—————-alguém se há-de desviar!!!A quantidade de cruzes que se vêm nas estradas assim como os destroços de carros nas ribanceiras faz-nos seriamente desconfiar das capacidades mentais dos condutores georgianos….

PAÍS A VISITAR SE NÃO TIVER NADA MELHOR PARA FAZER; NOTA FINAL ( de 0-20 ) : 9

Avise-me por email sobre novas publicações !



Os comentários estão fechados.