O SUSTO,O ATRASO,A DESINTERIA E A GRANDE MUDANÇA………

Já estamos na MALÁSIA,mais precisamente em SHAH ALAM ,um subúrbio de KUALA LUMPUR que fica apenas a cerca de 30 km daqui,mas estamos relativamente perto

do porto de KLANG , ou se quiserem PORT KELANG local onde atracará dentro de dias o MV APL PUSSAN que transporta a ”estrelinha” desde CHENNAI ; mas vamos por partes para melhor compreenderam o pequeno martírio que foi carregar e sobretudo ”exportar” a AC: primeiro que tudo depois de muita documentação tratada com o agente de navegação contratado tendo em vista o embarque na passada 6ª feira, eis que de repente vem a má notícia : os motoristas que podem circular no porto de CHENNAI acabam de declarar greve em solidariedade para com os seus colegas de MUMBAI…….. e a razão da greve é do mais cómico que se possa imaginar : as autoridades deixaram de permitir que as suas mulheres entrassem nas instalações portuárias a qualquer hora para lhes levar comida !!!!! BARCO DE 6ª FEIRA JÁ ERA !!!!  Acontece que já tínhamos reservado e pago os bilhetes de avião para o voo de sábado de manhã CHENNAI-KUALA LUMPUR pelo que seria assaz transtornante e dispendioso perder tal voo pois igualmente já tínhamos feito a reserva do hotel em SHAH ALAM ; como felizmente há 4  barcos por semana,o agente de navegação disse ser altamente provável que a AC fosse carregada no barco de domingo pois as greves na INDIA são em geral de muito curta duração : a fominha aperta e há que trabalhar um pouco para comprar comida………… ; houve que alterar alguma papelada mas entretanto quando já estávamos no terminal próprio a cerca de 20 km do porto de embarque à espera de um documento que faltava assinar vindo da alfândega,e já depois de inclusivamente termos passado pela vistoria da mesma feita por um simpático e curioso inspector alfandegário,eis que surge de repente um enormíssimo contratempo : um zeloso e meticuloso inspector da alfândega notou no C.P.D. uma série de omissões e erros e NÃO ESTA AC NÃO PODE SAIR DA INDIA !!! Os erros e omissões eram : 1º não mencionava a existência de um auto-radio ( e a AC tem-lo…) 2º não mencionava pneus suplementares (e nós temos 3 ) 3º e o mais grave : na MARCA o OBSCENAMENTE CARO E NESTE CASO INCOMPETENTE ACP MENCIONOU ”DREAM” QUANDO DEVERIA TER ESCRITO FIAT/DREAM….; Na realidade o homenzinho até tinha razão pois olha-se para a AC e vê-se FIAT e lê-se no CARNET DE PASSAGE EN DOUANNE e aparece DREAM…; FORAM NECESSÁRIAS CERCA DE 6 HORAS DE NEGOCIAÇÕES E REUNIÕES COM QUADROS CADA VEZ MAIS IMPORTANTES,ATÉ QUE JÁ NOITE CERRADA VEIO FINALMENTE O ”AMEN” DO CHEFE DOS CHEFES………….; Entretanto fica escuro,embora o trabalho portuário nunca pare,mas a enorme espera causou um incrível stress; começou-se com o trabalho de carregamento cerca das 8 da noite e o mesmo terminou cerca das 3 da manhã………na INDIA as coisas não andam como nós queremos,aliás uma das coisas que me foi repetida incontáveis vezes pelos vários agentes de navegação foi : you will have to be VERY patient with the whole process………POIS É,MAS HÁ LIMITES,NÃO HÁ ??????? Com a enorme contrariedade de ter apanhado outra macro desinteria por algo errado que comi,mas é melhor nem dar detalhes….!!!! Super extenuados,eu muito adoentado,a Marilia já deitada no chão- – – – – – os hábitos indianos aprendem-se depressa pelos vistos- – – – – – – – -lá fomos cerca das 3 da madrugada para o hotel depois do complicado carregamento ter terminado para nos acostarmos 3 horas já que o voo para KUALA LUMPUR sairia às 08h30 e deveríamos estar no aeroporto hora e meia antes; novo susto : o taxi que tínhamos contratado para nos levar cedo ao aeroporto não aparece !!! Esperámos algum tempo mas não podendo esperar mais,tomámos um taxi do hotel que nos cobrou quase o triplo do taxi normal………; como uma desgraça nunca vem só,um trânsito absolutamente infernal no caminho para o aeroporto,distante cerca de 15 kms………; para compor ainda mais o ramalhete,eu já me tinha esquecido quão complicado é embarcar num aeroporto indiano pelo que à chegada ao aeroporto eram milhares,milhares os que se movimentavam de um lado para o outro tentando passar rapidamente os multiplos controles de polícia onde se mostra o bilhete electrónico,o passaporte e se espera pacientemente enquanto o polícia que normalmente nem compreende bem o alfabeto latino,nos mira mais com um olhar de curiosidade do que realmente querendo  verificar se nos vamos mesmo viajar………………………ou se vamos apenas ver os aviões !!! Depois de umas filas intermináveis e controles desesperantes,lá conseguimos entrar na aerogare onde para enorme desespero verificámos que o check-in já estava encerrado,isto com cerca de 50 minutos antes da hora prevista de partida……………e depois de mais de uma hora perdida desde que tínhamos deixado o hotel,pessimamente dormidos,esfomeados e eu bastante combalido…………..!!!!! A INDIA E OS CONTRATEMPOS NO SEU MELHOR……………; para quem não sabe,na INDIA  um aeroporto é um local de enorme atracção para os indianos,comparativamente como era para nós ir ao Aeroporto da Portela  há 50 ou 60 anos atrás não só ver os aviões mas também e sobretudo ver as pessoas que vão viajar,na INDIA quando alguém que não seja em negócios vai  viajar,quase toda a família se vai despedir ao aeroporto,e se a isto somarmos os vendedores ambulantes,os incontáveis pedintes,os angariadores de taxis e de hoteis,os motoristas de taxis e toda uma legião de oportunistas à espera da sua……………oportunidade,então é fácil imaginar o que é chegar atrasado a um aeroporto indiano rodeados de milhares de pessoas……………….que não vão na realidade viajar !!!

Relembrando,tínhamos deixado a ”estrelinha” no terminal,já em cima do flat-rack e com a cobertura plástica que leváramos connosco,com a solene promessa do agente de navegação que ela seria carregada dentro de um par de horas para cima de um longo camião e em seguida no barco de domingo,e estávamos no aeroporto de CHENNAI no sábado de manhã desesperados a olhar para o balcão vazio da AIR ASIA……………..; de repente lembrei-me que nos escritórios das companhias de aviação nos aeroportos há sempre um ou mais funcionários de serviço que prestam assistência aos voos de saída e chegada; depois de perguntar onde era corri desesperado ao 2º andar do edifício e encontrei lá um simpático funcionário a quem quase implorei que nos aceitasse naquele voo; depois de falar com não sei quem pelo walkie-talkie mandou-me ir ter  de volta ao balcão onde excepcionalmente alguém nos faria o check-in !!! Foram de uma enorme simpatia já que sabendo que depois do check-in há enormes filas quer no controle de passaportes,quer no controle sanitário,quer na segurança , que fazem o passageiro perder no mínimo entre 20 a 30 minutos,um funcionário da AIR ASIA acompanhou-nos sempre fazendo com que passássemos na emigração pelo (vazio ) canal diplomático  e apressando ao máximo a vistoria de segurança!!!! Para os menos informados, um dos trunfos das low-cost é a diminuta permanência dos aviões nos aeroportos,tudo é contabilizado literalmente ao minuto,pelo que qualquer atraso na saída de um voo,nem que seja por um par de minutos é já um grande prejuízo para uma low-cost ! Correndo esfalfados e alagados em suor lá entrámos no aparelho sob o olhar reprovador de cerca de 200 colegas de voo……………………..mas o voo saiu às 08h29 !!!!!!! UMA GRANDE VITÓRIA !!!!!!!

Felizmente existe um medicamento simplesmente fantástico para as grandes diarreias chamado IMODIUM que conjuntamente com um bom antibiótico faz sem dúvida maravilhas……………Já me sinto muito melhor e quase pronto para provar a totalidade da reconhecida gastronomia malaia ! Já deu para verificar pelos mapas e guias que aqui os MALLS (centros comerciais ) são como ……………….as moscas na INDIA , isto é, demasiados e todos têm obviamente o seu FOOD COURT com incontáveis tipos de comida ! VAI SER BONITO,VAI VAI !!!!

O choque,a mudança para quem vem da INDIA e chega à MALÁSIA não podia ser maior : embora frase corrente aqui aplica-se bem A NOITE E O DIA !!!! Não se ouve uma buzinadela,não se vê lixo no chão,o trânsito é super ordeiro,as ruas ou as estradas não estão pejadas de animais mortos,não se vêm pessoas deitadas nas ruas,as auto-estradas são exactamente…….isso mesmo ; não há cheiros nauseabundos e insuportáveis nem esgotos a céu aberto !!!Vêm-se muitas raparigas de calções embora este seja um país acentuadamente muçulmano,mas ´bastante tolerante!! Parece de repente que entrámos noutro mundo,parece que saímos das trevas e estamos a ver a luz do sol , com um certo exagero podemos dizer …………é outro planeta !!! Dois meses na INDIA custaram a passar,não que não nos tivéssemos divertido e desfrutado do país mas para os nossos hábitos ocidentais e como cristãos,tudo o que a INDIA tem de negativo acaba por ser demasiado stressante ,cansativo e sobretudo chocante pelo que as primeiras impressões da MALÁSIA não podiam ser mais favoráveis : uma autêntica lufada de ar fresco !!!

Dentro de menos de 24 horas vamos saber se a ”estrelinha” realmente embarcou no suposto navio de domingo,temos de acreditar que o agente de navegação não tem qualquer interessa em a reter em CHENNAI…..; deixo-vos um par de imagens do carregamento e apenas vos chamo a atenção para um pormenor que me punha nervoso sempre que eu pensava nele : a largura útil do flat-rack é exactamente 240 cms e a ”estrelinha” tem de largura 236 cms  pelo que fazer com que um ”monstro” destes fique absolutamente certinho e alinhado em cima de uma estrutura a cerca de 65 cms do solo ,sabendo que a tolerância é apenas de 2 cms para cada lado…………………………..NÃO É NADA FÁCIL GARANTO-VOS !!!! Acertei à 2ª manobra,e a precisão é feita através de um feixe laser; um único centímetro que ficasse de fora bastava para já não poderem por ao lado qualquer outro contentor de 40 pés,e isso significaria que eu teria de pagar um outro SLOT isto é um espaço adicional como se estivesse a ocupar dois contentores………É COMPLICADO !!!!! Depois só tinha cerca de 8 a 10 cm de cada lado dos pneus até…………………..tombar irremediavelmente a AC……….!!! AH e isto tudo debaixo de chuva esporádica e com pouca luz artificial……….!!! Quem no futuro desejar alguma vez embarcar a sua AC num flat-rack já pode por estas imagens ficar com alguma ideia do processo.


a estrelinha a descansar em chennai enquanto nós almoçávamos.

colocação do flat-rack em posiçao para em seguida se colocar a rampa de acesso; note-se o ''mar'' de água (fedorenta) em redor....

um dos topos do flat-rack já aberto por onde entraria a AC

2 empilhadores colocam a pesada rampa de ferro em posição ; a AC está atrás de mim (que tiro a foto ) ao cimo de uma outra rampa de betão que dá acesso a um armazém onde tive de fazer entrar a AC......

a rampa a ser encostadaao flat-rack

a AC a entrar no flat-rack

já quase na posição final.....

posição final !

o topo a ser fechado

a Marilia cerca das 2 da manhã sucumbiu ao cansaço e ''indianizou''......

a AC já embrulhada e a ser estroncada com grossos cabos de aço.

já praticamente pronta !

Mostramos um par de fotos tiradas desde a janela do nosso 5* : a enorme mesquita e um simples cruzamento de duas avenidas ; mesquitas já vimos algumas centenas ao longo dos anos mas um cruzamento com respeitados semáforos,sem pedintes à volta,sem animais mortos nas bermas,sem carros a atravessar em todas as direcções possíveis e imaginárias,sem as vacas sagradas deitadas no meio da rua e indiferentes aos milhares de carros que passam, sem milhares de poluidoras e barulhentas motorizadas à nossa volta,sem carradas de lixo nas bermas,sem homens ou búfalos a puxarem carroças carregadas com tudo o que se possa imaginar,sem carros a caírem de podres na maioria dos casos,sem um infernal barulho e uma assustadora poluição,MUITO SINCERAMENTE JÁ TÍNHAMOS ENORMES SAUDADES DE VER UM SIMPLES CRUZAMENTO COMO ESTE QUE MOSTRAMOS !!!!!!! CHAMEM-LHE FOME DE CIVILIZAÇÃO SE QUISEREM…………………………

a enorme mesquita de shah alam

um cruzamento civilizado..............


Avise-me por email sobre novas publicações !



16 comentários para “O SUSTO,O ATRASO,A DESINTERIA E A GRANDE MUDANÇA………”

  1. Haddock diz:

    Caros Estrelas

    Não é uma viagem! É uma espécie de Odisseia.
    Lê-se como um romance de aventuras que se vai desenrolando a pouco e pouco.
    Estamos todos ansiosos para saber se a “estrelinha” chegou bem.
    Boa continuação.

    • admin diz:

      olá haddock!
      tem razão,por vezes as complicações e o stress são tantas que às vezes só com muito boa vontade tudo é ultrapassado pela desejo de viajar mais e mais longe,mas foi o caminho que escolhemos,não foi???por tal não nos podemos queixar,apenas lamentar as situações mais negativas e tentar relatá-las de uma forma a que ,se algum de vós fizer esta viagem,esteja já minimamente preparado para os incontáveis contratempos que irá encontrar……
      A AVENTURA CONTINUA…….E MUITO OBRIGADO PELOS SEUS DESEJOS!
      um abraço
      david+marilia

    • admin diz:

      olá haddock !
      esta travessia maritima está-se realmente a tornar numa odisseia de….chatices e despesas,sem dúvida !
      o que vale é que estamos ”atracados” numa cidade muito civilizada,bonita e barata ao menos valha-nos isso !!!
      um abraço
      david+marilia

  2. estrela diz:

    Bemmmm…. mais uma vez a minha intuição ou o dedo mindinho, o que quiserem chamar-lhe,deu sinal de si. Estava a adivinhar algo do género mas não tão complicado! Imagino o stress que apanharam e o alívio que sentiram quando finalmente desembarcaram na Malásia.
    Quanto ao resto, é como descreves: temos sempre saudades de um banho de civilização, mesmo que o entusiasmo por conhecer novas paragens e novas culturas seja enorme. E quando nos pomos a sonhar com a nossa própria caminha, os pratos da nossa fantástica gastronomia (não há igual!!!!), os cheiros da nossa terra, então…pinta mesmo uma saudade dolorida!
    Faço votos para que o desembarque da “estrelinha” se realize sem beliscadura de maior e os contratempos tenham ficado para trás. Haja confiança!
    Aproveitem ao máximo estes dias de relax e acautelem os estômagos! VáriaS DESINTERIAS SEGUIDAS…fazem mesmo mal!
    Beijinhossssssssss

  3. admin diz:

    pois é,com esta já é a terceira em 2 meses e já deu para emagrecer cerca de 6 kgs…
    mas como quem corre por gosto não cansa,lá continuarei a comer (quase)tudo o que aparece à frente……………até ao vietname,AÍ CÃO NÃO ENTRA !!!!!!
    vamos a ver o desembarque que nunca poderá ser tão complicado como foi o embarque,mas logo se verá !
    a nossa gastronomia é boa sem dúvida mas come-se muito bem em MUITOS lugares do mundo……
    vamos a ver,para nosso bem,se o teu mindinhonão volta a dar sinais de vida por uns tempos…………….WE REALLY NEED A BREAK FROM PROBLEMS !!!!!!!
    beijos

  4. Antonio Resende diz:

    Olá Marília e David
    Vi que estavam na Malásia, porque no meu blog registei ”um mirone” lá do sítio…
    Essa coisa do tal ”flat-rack” deu-vos água nas bentas!!!…
    Vcs andam a ”gozar” que nem ”blacks”!!! assim é ke é!!!
    Inda falta para o regresso, por isso guardem bem ”o pastilhame” se a coisa apertar…
    O meu abraço
    A R

    • admin diz:

      olá antónio!
      obrigado pela tua mensagem,na realidade ontem fui ler a 2ª parte do relato da tua viagem à russia e aproveitei para lá deixar um comentário contudo creio que não ficou registado pois hoje o mesmo estava……..no meu email !!!!
      por qualquer razão não consegui ver a 1ª parte do relato,depois procuro melhor!
      sempre que posso vou dar uma espreitadela ao teu blog à procura de novidades.
      ainda não chegámos a meio da viagem na realidade………………………….
      um abraço
      david+marilia

    • admin diz:

      olá antónio !
      realmente o estupor do flat-rack ou os estupores da agência de navegação estão-nos a dar cabo do juízo !!!
      um abraço
      david+marilia

  5. Benedita diz:

    Dificuldades e mais dificuldades, o stress a aumentar, ADRENALINA q.b.,VERDADEIRA AVENTURA a honrar a ALMA PORTUGUESA .Ainda bem que conseguem ultrapassar tudo e rumar direto aos vossos objetivos.Boa sorte ,coragem e que Deus vos acompanhe ,como recompensa pelos bons momentos que temos com a leitura dos relatos da viagem .

    • admin diz:

      olá benedita!
      e mais e mais e mais dificuldades nos esperam,leia só o próximo post e veja como quase todos os dias temos……..surpresas !!!!!
      MAS NÃO IREMOS DESISTIR,A NÃO SER QUE NOS FALTE A SAÚDE !!!!!!!!!!!!!!!!!
      um abraço
      david+marilia

  6. PEDRO & CLAUDIA diz:

    Olá aos viajantes.
    Com tantas dificuldades e contratempos, esta viagem parece um novo filme do INDIANA JONES intitulada “INDIANA JONES E A VIAGEM MISTERIOSA”. Tudo vos acontece!!!

    Esperemos pelo bom regresso da ESTRELINHA.

    PS.:Realmente comer cão não deverá ser muito agradavel… principalmente para vocês que também os têm e gostam tanto deles.

    Um enorme abraço com muita amizade

    Pedro & Claudia

    • admin diz:

      as dificuldades da travessia ainda não acabaram……………leiam o próximo post!
      um abraço
      david+marilia

  7. tenciono fazer em breve a viagem da minha vida em 2012 ou seja -a rota da seda em bicicleta-estou vendo que terei problemas na entrada individual na China e gostaria que me ajudassem,pedem-me bilhete de ida e volta mas ficaria mais tranquilo se aceitassem a minha passagem por via fronteira terrestre para o Kirziguistão outro país onde ainda não sei como farei dado que não possui missão diplomática cá..se puderem ajudar agradeço)
    Jorge santos
    obrigado

    • admin diz:

      olá jorge santos!
      primeiro que tudo , há muitas e distintas ”rotas da seda”, não sei qual o percurso que está a idealizar,provavelmente o melhor para quem quer viajar de bicicleta,contudo aviso-o que atravessar os vários ”estãos” de bicicleta não é para qualquer um……..
      em segundo lugar,em2010 quando ”fizémos” o Cáucaso e a Ásia Central em autocaravana não chegámos a ir à China pelas incontáveis dificuldades e enormes despesas que tal entrada acarretaria,assim ficámo-nos pelo Cazaquistão ! logicamente que em bicicleta é muito mais barato e há centenas de jovens que todos os anos fazem tal viagem!!!
      para obter visto para o Quirguistão terá que se deslocar à sua embaixada em BRUXELAS e o visto é-lhe dado em 48 horas,carote !!!! depois dou-lhe os contactos se quiser.
      como a sua viagem vai demorar longos meses aconselho-o vivamente a ir tirando os vistos à medida que for necessitando deles pois a partir da TURQUIA todos esses países têm representação diplomática uns nos outros……; de outro modo arrisca-se a tirar algures um visto para um certo país e quando lá chegar o mesmo já não é válido!!!
      quanto à CHINA eu se fosse a si deixava esse visto para o final,e tirá-lo-ia em BISHKEK ou em ALMATY talvez ; se tenciona entrar na china através da passagem de TORUGAT aviso-o que a mesma é um pouco perigosa ( em vários sentidos …)e nem sempre está aberta devido às neves,se fosse a si entraria na china através do cazaquistão depois de visitar o quirguistão- – – – – – – – – – – – – maravilha de país !!!
      qualquer outra informação adicional ……disponha !
      um abraço
      david estrela

      • Obrigado pelas preciosas informações,esta viagem que espero iniciar por etapas de um mês/ano, em 2012 terá inicio numa das 5 montanhas sagradas da China, Huá shan (Xi’an)depois Lanzhou e Xining onde tomarei a rota do Sul do Takmamakan,a mais remota atá Kashgar pelo Pamir e montanhas de Kulun atravessando a fronteira de Torugat se tal for possível até Taskent/Samarkand onde espero ter avião para a Europa/Lisboa depois de pedalar cerca de 4.000/4.500 km em 30 dias, ou seja uma média de 130/150 km/dia.isso não será obstáculo para mim,
        o meu problema relaciona-se com a autorização da embaixada da China que pretende que regresse pelo aeroporto de chegada(bilhete de ida e volta),
        mas também não sei se terei visto de entrada no kirzigistão , Turkmanistão ou uzbekistão no próprio local das fronteiras terrestres ou se terei de pedir em Xi’an, estou agora tentando encontrar estas informações na “net” e no lonely planet mas ainda sem sucesso uma vez que não há publicações específicas para ciclistas de longas distâncias na rota da seda.
        acabei de chegar com a família da fronteira da Turquia com o Irão em Dogabaiazit e Van e fui recebido como se Curdo ou familiar fosse, isso deixou-me muito animado quanto à travessia do irão (adorei este povo)
        espero que a ásia Central não seja um “osso muito duro de roer”
        obrigado pelas informações
        um abraço
        Jorge Santos

        • admin diz:

          caro jorje santos
          em primeiro lugar e como já deixei expresso anteriormente,a sua viagem tal como a está a planear afigura-se-me extremamente difícil de concretizar,especialmente por ser feita por etapas e também pelotrajecto que planeou,mas você é que sabe…….
          tudo o que eu puder ajudar ,é só perguntar……
          não ligue ao que lhe dizem na embaixada da china,pode entrar por uma fronteira e sair por outra,basta que lhes dê o seu itenerário de antemão!
          o visto para o quirguistão deverá tirá-lo na sua embaixada em bruxelas; para o uzbequistão necessita de uma ”letter of invitation” ( carta de convite) emitida por um agente comercial local ou mesmo por uma agência de viagens,mas tal demora tempo e só com essa L.O.I. é que pode pedir o visto na embaixada em madrid…..; para onturquemenistão é bem mais complicadopois além de ter de possuir igualmente uma L.O.I. a embaixada em londres – – – – – – ou uma outra qualquer- – – – – apenas lhe dá um ”TRANSIT VISA” de CINCO DIAS PARA ATRAVESSAR AQUELE ENORME PAÍS COM AQUELE TERRÍVEL DESERTO!!!!!!! na ásia central não se dão vistos nas fronteiras………..ESQUEÇA !!!
          há ligações aéreas de tashkent para a europa,veja na net…….
          a simpatia dos curdos e especialmente dos iranianos nada tem a ver com a normal animosidade dos povos da ásia central………….é outro” campeonato”….!!!!
          um abraço desde o laos !!!!

Trackbacks/Pingbacks