PAVEL e ELENA

JOVENS , NA CASA DOS 30 ANOS , ELA NÃO TRABALHA PORQUE TOMA CONTA DOS FILHOS , ELE ALTO QUADRO NUMA MULTINACIONAL , AMBOS UM POÇO DE SIMPATIA E SOBRETUDO ELE , UM INCRÍVEL SENTIDO DE AMIZADE E AJUDA AO PRÓXIMO ; RESIDENTES EM MOSCOVO , NUM BONITO APARTAMENTO ONDE IMPERA TUDO O QUE É MODERNO E ÚLTIMO GRITO EM ELECTRÓNICA E INFORMÁTICA , 2 FILHOS , SÃO SUPER VIAJADOS……DÁ GOSTO CONHECER PESSOAS ASSIM !!! CONHECEMOS-LOS EM KIEV-UCRÂNIA EM 2010 E TEMOS TROCADO CORRESPONDÊNCIA DE VEZ EM QUANDO ; A SUA AJUDA NA OBTENÇÃO DO NOSSO VISTO MÚLTIPLO PARA A RÚSSIA FOI IMPORTANTE E MAIS PRECIOSA FOI A SUA AJUDA NA PROCURA DE UM TÉCNICO QUE SUBSTITUÍSSE A BOMBA DE ÁGUA NA AC : IMPAGÁVEL ! OBRIGADO PAVEL TAMBÉM PELO TOUR NOCTURNO DE MOSCOVO : AGUARDAREMOS A VOSSA VISITA A PORTUGAL !!!

pelas atitudes que têm e pela maneira de ser ninguém diria que são russos…..

 

 

Avise-me por email sobre novas publicações !



6 comentários para “PAVEL e ELENA”

  1. estrela diz:

    A mais valia de todas as viagens é, precisamente, o enriquecimento com que se fica, quer a nível de cultura quer a nível de conhecimentos. É óptimo quando nos cruzamos com gente afável, disponível. Nesse aspecto, por aquilo que sei, vocês já têm um vasto leque de amigos que estarão sempre presentes.
    Saudações amistosas de Portugal, para eles, com a garantia que serão bem recebidos se um dia pensarem em nos visitar.
    Para vocês, continuação de boa viagem.
    Beijinhos

  2. António diz:

    Boas Companheiros,
    Na realidade e como costumamos dizer por cá “há bons e menos bons por todo o lado”.
    O que tb tem de bom este tipo de viagem é certamente este “conhecimento de pessoas”, que nos vão enchendo de coisas boas.
    É fantástica a vossa simpatia tb, junto de pessoas que são de culturas totalmente diferentes mas que no final acabam por ser ” todos iguais “.
    Continuação de bom passeio.
    António e Ivone

  3. F.Ramos diz:

    Companheiros David e Marília
    Boa Noite, obrigado pela descrição desse grande país, dessa grande Cidade e dessas gentes que não conhecemos
    Sobre o bom que é conhecer pessoas prestávêis, pelos países por onde passamos. Atrevo-me a dizer: Com a vossa simpatia contagiante, há poucos povos antipáticos…
    Felicito o casal Pavel e Elena pela preciosa ajuda que deu, nas visitas e a tratar da bomba da água (que o João a brincar chamou de esgoto, por estar tão limpa).
    Continuação de boa viagem, se possível com surpresas boas.
    Abraço
    Fernando Ramos

    • admin diz:

      realmente o Pavel tem sido incansável, foi uma sorte tê-mo-lo conhecido em KIEV.
      um abraço
      david+marilia

Trackbacks/Pingbacks