RUSHMORE , CHEYENNE e LARAMIE

A razão básica que nos levou , durante 1 dia , a atravessar 3 estados

(MONTANA , WYOMING , SOUTH DAKOTA ) foi o nosso interesse em visitarmos um magnífico monumento conhecido em todo o mundo chamado MOUNT RUSHMORE ; ou seja , estávamos no estado de MONTANA após visitarmos os museus e local da batalha LITTLE BIG HORN , entrámos no estado de WYOMING andando cerca de 200 kms para finalmente entrarmos no estado de SOUTH DAKOTA , em direcção à cidade de RAPID CITY : um pouco mais ao sul está situado este magnífico monumento !

A maior atracção do estado DAKOTA DO SUL , é um monumento visitado por milhões de turistas anualmente ; esculpido na montanha de rocha granítica por G. BORGLUM , o trabalho demorou um pouco mais de 10 anos a ser concluído e foi a vontade do escultor que prevaleceu : ficariam para história as faces dos presidentes  GEORGE WASHINGTON , THOMAS  JEFFERSON , THEODORE ROOSEVELT e finalmente ABRAHAM LINCOLN , em vez de míticas figuras do OLD WEST conforme desejava um historiador da época , ”pai” da ideia de esculpir na montanha !

A ideia inicial de BORGLUM era esculpir não só as faces mas o corpo até à cintura , porém faleceu em 1941 e o seu filho , também escultor , não conseguiu os fundos necessários para continuar a obra até tal ponto ; mesmo assim , apenas com as faces esculpidas , não deixa de ser uma notável obra , muito admirada e elogiada por todos os visitantes …..

Algumas fotos :

 

 

 

 

 

 

WASHINGTON , JEFFERSON , ROOSEVELT , LINCOLN

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Não muito longe do MOUNT RUSHMORE , andando apenas umas dezenas de kms , segundo ”rezam ” os mapas e os guias , há um importante MEMORIAL dedicado ao muito famoso índio CRAZY HORSE , um dos vários heróis da célebre batalha LITTLE BIG HORN ; ora sendo um assunto que me interessa muito , e estando tão perto , não podíamos deixar de visitar tal MEMORIAL ; ficámos algo desiludidos pois o mesmo , estando a ser esculpido na montanha há já umas largas décadas , apenas se vê a CABEÇA do índio !!! É suposto vir a ser ( num futuro MUITO longínquo….) a MAIOR ESCULTURA ESCULPIDA EM MONTANHA , mas aqui para nós que ninguém nos ouve, creio que nunca irá ser terminada !!!

O escultor que iniciou o trabalho em 1948 foi o polaco K. ZIOLKOWSKI a pedido do chefe tribal LAKOTA chamado STANDING BEAR , um descendente de um dos heróis da supracitada batalha ; ora acontece que CRAZY HORSE pertencia igualmente à tribo LAKOTA e o monumento destina-se a homenagear todos os heróis índios , não apenas os LAKOTAS ; se algum dia a gigantesca escultura for acabada , o que muita gente duvida , terá este aspecto :

Por agora , tem este :

 

 

 

Deixámos  a zona do MOUNT RUSHMORE e andando um par de centenas de kms chegámos a CHEYENNE , cidade que já foi um importantíssimo entroncamento rodoviário , comercial , etc nos finais do século XIX ; fomos a esta cidade com a intenção de visitarmos um conhecido museu chamado FRONTIER DAYS OLD WEST MUSEUM .

Achámos o museu muito interessante mas apenas na vertente dos velhos COCHES e CHARRETTES puxados por cavalos , usados nessa época : UMA VERDADEIRA DELÍCIA !!!

De resto , a parte que respeita ao OLD WEST , francamente já vimos bem melhor……..; de qualquer forma não deixou de ser interessante pois este museu é bastante conhecido nos E.U.A.

Tivemos a sorte de nos deixarem pernoitar no parqueamento do museu , estando este relativamente isolado , foi uma noite espectacularmente descansada e uma óptima variante às sucessivas dormidas nos………..WALMARTS !!!

Algumas fotos :

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

De seguida , andámos cerca de 100 kms para OESTE , até à pequena cidade de LARAMIE , muito conhecida na mesma época por albergar a mais famosa PENITENCIÁRIA do velho OESTE , a WYOMING TERRITORIAL PRISON , para onde eram enviados os piores dos maus……..; entre muitos outros conhecidos , lá esteve por exemplo o mais que famoso BUTCH CASSIDY ; foi uma visita extremamente interessante , tudo muito bem explicado com cartazes , fotos q.b. e aqui e acolá , funcionários/as que iam dando preciosas informações sobre a vida na prisão , regras , utensílios , rotinas , fugas , etc,etc enfim , um museu como deve de ser ………

Algumas fotos :

 

 

 

 

 

parte do gabinete do director

 

a enfermaria , a qual incluía consulta de dentista ….; atente-se na broca movida a pedal !!!

 

 

um dos quartos dos guardas

 

 

 

 

 

algo que a esmagadora maioria das pessoas não sabe !!!

 

 

 

castigos a sério !!!!

 

 

o famoso BUTCH CASSIDY

 

 

 

 

havia uma pequena fábrica de vassouras na penitenciária , apenas os muito bem comportados podiam trabalhar ……de graça !

 

 

 

Haveria muitas mais fotos , porém o post já está demasiado longo…………; mas , apenas para a minha irmã que tanto gosta de trajes índios , aqui vão mais estas :

 

todas estas fotos foram tiradas num museu ÍNDIO , portanto …. autênticas !

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Agora temos de ir a EL PASO , cidade no TEXAS que faz fronteira com o MÉXICO e onde vivem os nossos amigos VOLKER e LUPITA ; além da visita , temos de resolver MAIS UM problema coma estrelita : comprar 2 jantes novas no MÉXICO ( é só atravessar a fronteira e encomendar….) pois nos E.U.A. o FIAT DUCATO não é sequer um modelo mas apenas ……um nome difícil de pronunciar para os americanos !!!

Ou seja , duas das jantes estão estaladas – – – – – – uma vez mais devido ao excessivo peso da estrelita – – – – – –  e não há volta a dar-lhe : mais duas novas jantes !!!

É A VIDA ……E ANTES ISTO DO QUE UMA PERNA PARTIDA …….

I N T É !!!

Avise-me por email sobre novas publicações !



8 comentários para “RUSHMORE , CHEYENNE e LARAMIE”

  1. estrela diz:

    Ora vivam, meninos!!!!

    Isto é que é um fartote! Com tanta informação excelente, não te venhas queixar dos meus extensos “testamentos”!

    O memorial é, na verdade, mundialmente famoso e um verdadeiro ícon americano; penso que visto ao pé deve ser IMPONENTE. Pena que o projecto inicial não se tenha cumprido mas, mesmo assim, é espantoso o trabalho do escultor. As fisionomias, ainda que um tanto estilizadas, são fiéis aos retratos o que, dadas as dimensões da obra e as dificuldades em se trabalhar de cima para baixo, deixa qualquer um de boca aberta.

    Depois, parte da escultura do Crazy Horse, dá para vislumbrar o que seria a obra completa…caso seja terminada. Estou de acordo, vai ser muitoooooooooooo difícil. Mas como os americanos têm pouca história comparativamente com os europeus e, por arrasto, poucos monumentos, vão de certo investir no propósito de levar a escultura até ao fim, demore o tempo que demorar. Para mais, passando a ser a MAIOR do mundo erigida nesses moldes. E eles não gostam de ficar atrás, em nada!

    Mas o que me deixou babando de interesse foi o museu dos coches e charrettes. São viagens a um passado não muito distante no tempo. Uma das fotos mostra um carro funerário que me fez recordar os velhos carros de quando eu era menina, muito pequenina, com a diferença que era movido a motor e esse da foto era puxado a cavalos. Lembro-me bem, quando subiam a nossa rua em Lisboa. A carroçaria é idêntica. Os carros das crianças falecidas eram idênticos aos dos adultos mas todos brancos e com enfeites dourados, assim como os caixões. E quando passavam na rua, as pessoas diziam “Vai ali um anjinho”. Mas penso que não te deves lembrar…

    Outra foto, de outra charrette, é igual à que pertencia aos nossos avós; nela, a nossa avó paterna, com um chapéu de plumas, está em pé, junto à escadaria de pedra da casa, pena que não seja muito nítida. Mas a charrtte é idêntica.

    A velha penitenciária do Oeste foi outro ponto alto deste post. Impressionante o conjunto dos utensílios usados. A máquina movida a pedal é um verdadeiro must! E o naipe de alicates arranca-dentes???? …ui…ui… Por isso quase toda a gente tinha a boca pôdre.

    Sobre a foto de grupo, credo, estás quase igual ao John Wayne, embora com um certo arzinho amexicanizado! Que grande carranca de mau! É melhor a outra que tiraste, faz já muitos anos, com aquele “PROCURA-SE VIVO OU MORTO”. Na época, foi uma pedra no charco aquele tipo de fotos.

    Falta um comentário aos trajes dos índios. Achei-os muito pobres em desenhos. Já vi melhores. Mas valeu a intenção. OBRIGADA!

    Beijocas! E continuação de boa viagem! Por cá, 39º previstos até ao fim de semana. Calor que até dói!!!!….e eu sem ar condicionado…

    • admin diz:

      olá !
      a escultura a ser realizada do CRAZY HORSE é patrocinada pelos índios , o governo nada tem a ver com o assunto…..; mas estou absolutamente seguro que jamais será terminada devido ao tamanho megalómano da ideia em si…..
      temos estado em EL PASO nos últimos 10 dias , em casa do Volker+Lupita ; temperaturas sempre acima dos 41º !!!
      beijinhos

  2. JOSE RICARDO diz:

    Olá professor.
    Sim, está nos dando uma aula de velho oeste americano. Além de aguçar a nossa vontade de conhecer de perto todas essas maravilhas. Os posts são documentários, com refinamento de texto e fotografias. Nota 10.
    O mundo passava sem pressa e mesmo rustico, era uma época de refinamento em tudo que se fazia. As carruagens são um primor em todos os detalhes.
    Você disse não saber o que é um cocar. Te explico. É o adereço usado sobre a cabeça, feito com penas e peles de animais. Quando eu era criança minha mãe só me fantasiava de indo para brincar o carnaval e nós ficavamos comparando quem tinha o cocar mais bonito.
    Coitada da estrelita, logo logo estará em casa, descansando.
    A qualidade da gasolina aí nessas bandas é ótima, a estrelita tem um desempenho
    melhor, né?
    Abraços

    • admin diz:

      olá zé !
      ainda bem que tens gostado !
      o velho oeste já passou , agora estamos a caminho do leste….
      a estrelita trabalha a diesel , cuja qualidade nos e.u.a. deixa algo a desejar !!!
      agora já sei o que é o cocar….
      um abraço
      david+marilia

  3. Pedro Tavares diz:

    Olá David e Marília,

    Bem isto é que é “comer” Km… Vocês fazem essas largas centenas de Km com a mesma facilidade que a maioria dos Portugueses fazem do Porto ao Algarve 🙂

    Mount Rushmore, parece ser incrível, mas com tantos turistas é capaz de tirar um pouco da sua beleza?

    O museu “Wyoming Territorial Prison” pareceu-me muito interessante e o texto da foto das “13 Prison Rules” tal como da foto do “Hard Work”, conseguiram por-me a pensar como seria assustador estar preso nessa altura…

    Sei que já disse isto noutros comentários, mas não me canso de repetir… muito obrigado por nos levarem com vocês nas vossas aventuras.

    Abraços, beijos e lambidelas,

    Pedro, Sara e RAFA

    • admin diz:

      olá pedro tavares !
      obrigado pelo comentário.
      há dias em que fazemos apenas 20 ou 30 kms porém há outros em que fazemos 600 kms , tudo depende; mas com a qualidade destas estradas não é nada complicado , até por que o gasóleo na maioria dos casos anda nos ……€ 0.50/litro !!!!
      o rushmore tem um significado muito especial para os americanos e é dos tais monumentos em que não é possível evitar os turistas ….
      ainda bem que está a ”viajar connosco”!!!aproveite pois está quase no fim esta viagem …..
      um abraço
      david+marilia

  4. João Firmino diz:

    OLá, David e Marilia
    Depois de uns dias fora, cá estou.
    É claro que Rushmore é sobejamente conhecido, mas mas dou-lhes os parabéns pelas excelentes fotos que mostram ao pormenor o rosto dos presidentes.
    Mas o que eu desconhecia totalmente era o memorial dedicado ao índio Crazy Horse. Faço votos para que a obra vá até ao fim!
    Uma boa reportagem também sobre o Frontier Days Old West Museum. Achei muito interessante a variedade de autênticos “clássicos” puxados por cavalos.
    E gostei também das reportagens sobre a prisão e o museu índio.
    Continuação de uma boa viagem numa estrelita com jantes novas.
    Um abraço
    João Firmino

    • admin diz:

      olá firmino !
      obrigado pelo comentário.
      apesar dos seus votos, francamente eu acho que aquilo é um ”elefante branco” que jamais será acabado ; se demoraram tantas dezenas de anos a esculpir a cabeça(inacabada) imagine o que será para o resto do corpo….
      um abraço
      david+marilia

Trackbacks/Pingbacks