TURQUIA – ANKARA – TRABZON

21-ABRIL-2010

Saídos de ANKARA,após dois dias com a nossa amiga local,fomos até AMASYA e encontrámos uma pequena cidade muito agradável e acolhedora,metida literalmente num pequeno vale entre altas montanhas;é famosa pelas sepulturas muitíssimo antigas escavadas nas rochas no meio de altos penhascos.O mercado local foi super-interessante de visitar de manhã muito cedo,e os feirantes ”podres” de simpáticos não paravam de nos oferecer chá ou frutas,etc.Os estrangeiros são muito raros naquelas paragens,já que muito poucos se dão à canseira de percorrer o norte da TURQUIA.

Tivémos o primeiro encontro(de muitos que se seguirão por essa ÁSIA fora) com polícias à civil!!Tínhamos acabado de estacionar a”filha da estrelinha”(VESPA) junto à ”mãe” depois de um passeio pela cidade quando surge uma carrinha branca pequena com 3 tipos dentro,saiem dois e tipo»PIDE« sacam das carteirinhas em cabedal com cartão de polícia,foto e bandeira turca e dizem muito secamente ”POLIS”,eu respondi em português e disse :tudo bem ,o que é que querem ??claro que não compreenderam mas parecia que sim pois de imediato disse um deles:MOTO…&$%#. ou seja algo em turco que queria dizer:DOCUMENTOS DA MOTO!!Dei-lhe os documentos e ele ,não fazendo a mínima ideia dos papéis que tinha entre mãos,ficou a olhar para mim sem saber o que fazer ou dizer;vendo a sua atrapalhação,lá lhe fui mostrando onde estava a matrícula,o meu nome,a cilindrada,etc;começou-me a fazer perguntas mas,coitado,ele a falar em turco e eu a dizer-lhe em seis línguas que não compreendia,aquilo mais parecia uma conversa de parvos….Às tantas quiz saber a minha nacionalidade(estúpido como as pedras—————bastava pedir o passaporte! ) começou por GERMANIA??? eu abanava a cabeça,depois AMERIKA???eu continuava a abaná-la,depois BELGIE????eu já quase que já estava com tonturas depois de não sei quantas nacionalidades…..Enfim,até que desistiu,apesar de eu insistentemente ter invocado(depois de obviamente lhe ter dito 10 vezes PORTUGAL) quer C.RONALDO,quer FIGO,quer NUNO GOMES(muito conhecido na TURQUIA),voltando-me as costas quando eu lhe comecei a nomear os jogadores do ”meu SPORTING”.No meio de toda esta conversa (???)o 3º elemento já tinha saído do carro e dizia insistentemente:okay,no problem—okay,no problem—okay,no problem! Cada um tem as aptidões linguísticas que tem……..

Malgré tout,foi divertido e vejam como AMASYA É INTERESSANTE:

ama1

ama4

ama5

ama6

ama7

ama8

ama2

ama3

Chegámos esta noite a TRABZON e vamos visitar de manhã o célebre MOSTEIRO DE SUMELA,seguramente vai valer a pena termos feito este desvio de 50 km.

ama10

ama11

ama12

ama13

Avise-me por email sobre novas publicações !



Os comentários estão fechados.